Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Venezuela assina contrato para aquisição da vacina Sputnik V

© AP Photo / Ariana CubillosMulher com roupa de proteção e máscara com bandeira da Venezuela administra testes para coronavírus em Caracas
Mulher com roupa de proteção e máscara com bandeira da Venezuela administra testes para coronavírus em Caracas - Sputnik Brasil
Nos siga no
A Venezuela anunciou nesta terça-feira (29) a assinatura de um contrato com a Rússia para adquirir a vacina Sputnik V, com a qual governo espera imunizar cerca de dez milhões de pessoas contra o coronavírus. 

Em outubro, o país recebeu um primeiro lote da vacina como parte de um ensaio clínico de fase três, que contou com a participação de aproximadamente 2.000 pessoas. 

"A Venezuela acaba de assinar o contrato para a aquisição da vacina Sputnik V", disse a vice-presidente, Delcy Rodríguez, em declarações para a emissora estatal venezuelana. "É uma vacina segura, um passo adiante" na luta contra o coronavírus, acrescentou ela. 

Ao lado do embaixador da Rússia na Venezuela, Sergei Melik-Bagdasarov, a vice-presidente disse ainda que o país está preparado para fornecer as doses para a população. Em uma primeira etapa, o plano de imunização vai contemplar dez milhões de pessoas. 

Sanções dificultam combate à pandemia

Rodríguez não deu detalhes sobre a programação e o processo de distribuição da vacina. Em agosto, a Rússia autorizou o uso da Sputnik V, após menos de dois meses de testes em humanos. Na América Latina, a Argentina iniciou a vacinação de grupos prioritários da população com o imunizante russo. 

Sobre recursos venezuelanos bloqueados em função de sanções, a vice-presidente afirmou que o governo estava atuando para liberar os valores. 

"Estamos fazendo todas as gestões possíveis para que recursos bloqueados [...] sejam liberados para que a Venezuela possa ter acesso à vacina" e ao "fundo de vacinação das Nações Unidas", disse Rodriguez. 

Até o momento, a Venezuela registra 112.636 casos do coronavírus e 1.018 mortos. 

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала