Coreia do Sul detecta primeiros casos da variante do novo coronavírus

© AP Photo / Lee Jin-manMulheres usando máscaras faciais como precaução contra o coronavírus caminham perto da exibição do logotipo da capital da Coreia do Sul, Seul
Mulheres usando máscaras faciais como precaução contra o coronavírus caminham perto da exibição do logotipo da capital da Coreia do Sul, Seul - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Três casos da variante do novo coronavírus particularmente infecciosa que surgiu recentemente no Reino Unido foram confirmados na Coreia do Sul, disseram autoridades da Saúde nesta segunda-feira (28).

Os três indivíduos são membros de uma família que vive em Londres e que chegou ao país em 22 de dezembro, de acordo com a Agência de Controle e Prevenção de Doenças da Coreia do Sul.

Eles foram colocados em isolamento desde a chegada, quando fizeram testes que deram positivo para COVID-19, segundo noticiou a AFP.

A nova cepa do vírus surgiu no início deste mês no Reino Unido e já atingiu vários países europeus, além de Canadá, Jordânia e Japão. A nova variedade, que os especialistas temem ser mais contagiosa, levou mais de 50 países a impor restrições de viagens ao Reino Unido.

​A Coreia do Sul estava entre eles e proibiu voos vindos do Reino Unido até o final do ano.

As autoridades sul-coreanas também estão investigando o caso de um idoso sul-coreano que testou positivo para COVID-19 após retornar do país europeu no início deste mês.

O anúncio foi feito no momento em que uma terceira onda do vírus atinge o país, com um ressurgimento centrado na grande área de Seul, com casos diários aumentando drasticamente neste mês, apesar das medidas de distanciamento mais rígidas adotadas pelo governo local.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала