Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Trump assina projeto de lei de gastos que inclui medidas de alívio contra a pandemia

© REUTERS / Cheriss MayPresidente dos EUA, Donald Trump, segue em direção ao helicóptero presidencial, na Casa Branca, Washington, EUA, 12 de dezembro de 2020
Presidente dos EUA, Donald Trump, segue em direção ao helicóptero presidencial, na Casa Branca, Washington, EUA, 12 de dezembro de 2020  - Sputnik Brasil
Nos siga no
O presidente em fim de mandato dos EUA, Donald Trump, assinou o projeto de lei de medidas de alívio contra a pandemia do novo coronavírus e de gastos do governo.

A assinatura do pacote que libera US$ 2,3 trilhões (quase R$ 12 trilhões) aconteceu neste domingo (27), segundo The Washington Post, enquanto Trump estava de férias na Flórida, publicou o jornal citando fontes anônimas. 

Mais cedo, Trump prometeu algumas "boas notícias sobre o pacote de alívio contra a COVID-19" no Twitter.

Boas notícias sobre o pacote de alívio contra a COVID-19. Informações a seguir!

​No início deste mês, após meses de embates, republicanos e democratas concordaram com um plano de alívio contra a pandemia de US$ 900 bilhões (cerca de R$ 4,7 trilhões) e uma alocação de gastos do governo de US$ 1,4 trilhão (cerca de R$ 7,3 trilhões) que foi enviada a Trump para sua assinatura. O alívio contra a COVID-19 incluía pagamentos individuais de U$ 600 (R$ 3.107,10) para cidadãos com direito a receber o auxílio.

Trump, cujo mandato termina em 20 de janeiro, ficou semanas fora das negociações. Mas ele surpreendeu os dois lados ao se recusar a assinar a legislação, chamando os US$ 600 (R$ 3.107,10) de ajuda pessoal de "desgraça" e exigindo que aumentassem para US$ 2.000 (R$ 10.357) por indivíduo ou US$ 4.000 (R$ 20.714) por família.

© REUTERS / JONATHAN ERNSTPresidente dos EUA, Donald Trump, acompanhado pela primeira-dama Melania Trump, se prepara para embarcar no Marine One para partir da Casa Branca em viagem de férias para sua casa na Flórida
Trump assina projeto de lei de gastos que inclui medidas de alívio contra a pandemia - Sputnik Brasil
Presidente dos EUA, Donald Trump, acompanhado pela primeira-dama Melania Trump, se prepara para embarcar no Marine One para partir da Casa Branca em viagem de férias para sua casa na Flórida

A alocação de gastos do governo precisava da assinatura do presidente até 29 de dezembro para que se continuasse pagando o seguro-desemprego semanal para os norte-americanos e a fim de se evitar que acontecesse o chamado "shutdown", a suspensão parcial de atividades e serviços do governo federal.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала