- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Bolsonaro reconhece Biden como presidente eleito nos EUA

© AP Photo / Leo CorreaJair Bolsonaro, presidente eleito do Brasil
Jair Bolsonaro, presidente eleito do Brasil  - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente Jair Bolsonaro reconheceu nesta terça-feira (15) o resultado da eleição presidencial dos EUA. Ele parabenizou Joe Biden pela vitória sobre Donald Trump.

Um dos últimos líderes no mundo a reconhecer o resultado das eleições norte-americanas, Jair Bolsonaro parabenizou Joe Biden por meio de uma publicação em uma rede social.

"Estarei pronto a trabalhar com o novo governo e dar continuidade à construção de uma aliança Brasil-EUA, na defesa da soberania, da democracia e da liberdade em todo o mundo, assim como na integração econômico-comercial em benefício dos nossos povos", escreveu o presidente brasileiro em outra mensagem.

Também nesta terça-feira (15), o presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, reconheceram a vitória de Biden.​

Ontem (14), seguindo os protocolos do calendário eleitoral nos EUA, o Colégio Eleitoral confirmou a vitória de Joe Biden. Concomitante a isso, diante das recentes derrotas de Donald Trump na Justiça americana para reverter o resultado do pleito, o presidente Jair Bolsonaro enfim reconheceu o que a maior parte dos líderes mundiais já haviam feito.

Durante o período eleitoral americano, Bolsonaro afirmou reiteradas vezes que apoiava a reeleição de Donald Trump. Ele chegou a afirmar que viajaria a Washington, capital dos Estados Unidos, para a cerimônia de posse.

Ainda ontem (14), o professor Roberto Moll falou com a Sputnik Brasil sobre o futuro do relacionamento entre as duas nações, e as diferenças, para o Brasil, entre Trump e Biden. 

​O cientista político afirmou que uma das possíveis explicações para a demora de Bolsonaro em reconhecer o pleito é que o presidente brasileiro não construiu nenhuma ponte com o Joe Biden, então ele insistia em uma mirabolante e improvável virada de jogo do Donald Trump.

Roberto Moll entende que "durante a corrida eleitoral norte-americana, o presidente Bolsonaro cometeu um enorme equívoco ao prestar apoio a um dos candidatos. Com a vitória de Biden, certamente há um enfraquecimento nas relações mútuas entre os dois governos".

© Foto / Reprodução InternetEm transmissão ao vivo no Facebook, Bolsonaro assiste pronunciamento de Trump
Bolsonaro reconhece Biden como presidente eleito nos EUA - Sputnik Brasil
Em transmissão ao vivo no Facebook, Bolsonaro assiste pronunciamento de Trump
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала