Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Mulher de Singapura dá à luz bebê com anticorpos contra COVID-19, diz mídia

© AP Photo / Roslan RahmanMulher chinesa deixa Tribunal de Singapura usando máscara para se proteger do coronavírus (imagem referencial)
Mulher chinesa deixa Tribunal de Singapura usando máscara para se proteger do coronavírus (imagem referencial) - Sputnik Brasil
Nos siga no
Celine Ng-Chan, uma mulher de Singapura que foi infectada com COVID-19 durante a gravidez, deu à luz um bebê saudável com anticorpos contra o novo coronavírus, informou o jornal Straits Times neste domingo (29).

Segundo publicou o jornal Straits Times, Ng-Chan contraiu a COVID-19 em março deste ano, quando voltou para casa após uma viagem à Europa com dez semanas de gravidez. Ng-Chan foi levada para o hospital, mas foi liberada para casa após algumas semanas, pois a infecção não era uma ameaça à sua vida. Já no início de outubro deste ano, Ng-Chan deu à luz um menino saudável, pesando 3,5 quilos.

"Meu médico suspeita que transferi meus anticorpos contra a COVID-19 para ele durante minha gravidez", disse Ng-Chan, conforme citada pelo Straits Times.

A publicação aponta ainda que Ng-Chan não foi a primeira mulher em Singapura a dar à luz um bebê após ter contraído o novo coronavírus. Em maio, a mídia noticiou sobre Natasha Ling, que deu à luz seu bebê após contrair a infecção.

© REUTERS / Tatiana Makeyeva Médica de hospital regional recebe a vacina Sputnik V contra a COVID-19 em Tver, Rússia
Mulher de Singapura dá à luz bebê com anticorpos contra COVID-19, diz mídia - Sputnik Brasil
Médica de hospital regional recebe a vacina Sputnik V contra a COVID-19 em Tver, Rússia

Em abril, Anna Simakova, especialista-chefe russa em doenças infecciosas na região de Primorsky, disse à Sputnik que os cientistas ainda não foram capazes de confirmar que a COVID-19 pode ser transmitido diretamente de uma mãe para um bebê. Simakova acrescentou que os bebês sempre recebem anticorpos de suas mães, mas em relação aos anticorpos da COVID-19, deve-se levar em consideração o período de gravidez e quando a mulher contraiu a infecção.

Segundo os dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), 61.869.330 casos de COVID-19 foram registrados em todo o mundo, e 1.448.896 mortes foram causadas pela doença. Conforme registra a Universidade Johns Hopkins, Singapura têm 58.213 casos confirmados da doença e um total de 29 mortes por COVID-19.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала