Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Descobrem no Peru esqueleto de 600 anos de mulher que viveu no Império Inca (VÍDEO)

Nos siga no
Durante os trabalhos de instalação de conduta de gás em uma rua em Lima, uma equipe de operários encontrou o esqueleto de uma mulher de aproximadamente 20 anos que viveu cerca de 600 anos atrás, durante o Império Inca.

Embora a descoberta tenha sido feita em 2018, os detalhes só foram anunciados nesta semana após conclusão dos estudos arqueológicos, incluindo a reconstrução digital do rosto da jovem, que se atrasaram devido à pandemia.

Os especialistas lhe atribuíram um nome – Wayaw (salgueiro em quéchua). A mulher tinha 1,48 m de altura e acredita-se que morreu por causas naturais.

Tal como milhares de trabalhadoras peruanas na atualidade, ela era fiandeira, disse ao portal France 24 Cecilia Camargo, a arqueóloga chefe da escavação.

"Ela foi uma artesã, não da elite, que se dedicava a um trabalho tão nobre como é o tecido, [usando] técnicas que se preservaram até hoje", afirmou arqueóloga.

"Ela era como muitas mulheres da atualidade que trabalham com tecidos em San Juan de Lurigancho", acrescentou.

A mulher foi encontrada em posição fetal, enterrada junto a objetos têxteis e decorativos, como um alfinete de prata e pulseiras com conchas de mariscos.

Uma das evidências de que ela se ocupava desta profissão é que os ossos dos ombros e da anca estavam desgastados.

Seu crânio apresenta uma deformação, uma característica típica em certos povos que naquela época viviam na região que atualmente é o Peru, já que para distinguir as crianças lhes colocavam na cabeça tábuas, panos e cordas.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала