Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Coreia do Norte executa agente aduaneiro que violou restrições relacionadas à COVID-19, diz mídia

© Sputnik / Vitaly BelousovA capital norte-coreana, Pyongyang (imagem ilustrativa)
A capital norte-coreana, Pyongyang (imagem ilustrativa) - Sputnik Brasil
Nos siga no
Neste mês de novembro, as autoridades da Coreia do Norte executaram um funcionário aduaneiro que, apesar das proibições relacionas à COVID-19, importava mercadorias do exterior, relata mídia citando deputados sul-coreanos.

Secretários da Comissão Parlamentar para a Inteligência, o deputado do partido Democrático Unido Kim Byung-ke e o deputado do partido Poder Civil Ha Tae-keung, informaram os jornalistas sobre o caso após ouvir um relatório de inteligência.

Segundo informações do Serviço Nacional de Inteligência da Coreia do Sul (NIS, na sigla em inglês), em 8 de novembro a Coreia do Norte condenou à morte um funcionário aduaneiro que trabalhava em Sinuiju, uma cidade fronteiriça com a China, por ter violado medidas restritivas relacionas à COVID-19 por meio de importação de bens, escreve jornal NewDaily.

De acordo com serviço de inteligência sul-coreano, ultimamente o líder da Coreia do Norte Kim Jong-un tem demonstrado "raiva excessiva" e tomado decisões irracionais.

Anteriormente, relatou-se que no início deste mês um homem norte-coreano conseguiu fugir do país pulando por cima de uma cerca de três metros na fronteira intercoreana.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала