'Não chores por mim, Argentina': o adeus da lenda Diego Maradona

Nos siga noTelegram
O mundo do futebol se despediu hoje (25) de uma das maiores lendas de todos os tempos, o craque argentino Diego Armando Maradona Franco, vítima de uma parada cardiorrespiratória. Ele tinha 60 anos.

Polêmico, irreverente, amado, odiado e endeusado, Maradona, ao longo de sua brilhante carreira, atuando pelo Boca Juniors, pelo Napoli ou por sua seleção, se tornou um grande ícone para o povo argentino e para os amantes do esporte em geral.

A notícia de sua morte, nesta quarta-feira (25), gerou comoção imediata em diversas partes do planeta, mobilizando imprensa, atletas, ex-atletas, clubes, chefes de Estado, artistas, fãs e súditos. 

Diego Maradona, ou Deus, para alguns, deixa cinco filhos e uma multidão de admiradores.

© REUTERS / Juha TamminenDiego Armando Maradona dribla ingleses para marcar o "gol do século" na Copa do Mundo de 1986.
Diego Armando Maradona dribla ingleses para marcar o gol do século na Copa do Mundo de 1986. - Sputnik Brasil
1/13
Diego Armando Maradona dribla ingleses para marcar o "gol do século" na Copa do Mundo de 1986.
© REUTERS / Gary HershornDiego Maradona é carregado após ganhar a Copa do Mundo de 1986, no México.
Diego Maradona é carregado após ganhar a Copa do Mundo de 1986, no México.  - Sputnik Brasil
2/13
Diego Maradona é carregado após ganhar a Copa do Mundo de 1986, no México.
© REUTERS / StringerDiego Maradona posa para foto ao lado de sua mãe, Dalma, e de sua esposa, Claudia Villafañe, durante sua festa de casamento em Buenos Aires. Argentina, 8 de novembro de 1989.
Diego Maradona posa para foto ao lado de sua mãe, Dalma, e de sua esposa, Claudia Villafañe, durante sua festa de casamento em Buenos Aires - Sputnik Brasil
3/13
Diego Maradona posa para foto ao lado de sua mãe, Dalma, e de sua esposa, Claudia Villafañe, durante sua festa de casamento em Buenos Aires. Argentina, 8 de novembro de 1989.
© Sputnik / Vladimir Rodionov / Abrir o banco de imagensO craque argentino Diego Maradona após uma partida entre o seu clube, Napoli, e o Spartak Moscou em 1990.
O craque argentino Diego Maradona após uma partida entre o seu clube, Napoli, e o Spartak Moscou em 1990 - Sputnik Brasil
4/13
O craque argentino Diego Maradona após uma partida entre o seu clube, Napoli, e o Spartak Moscou em 1990.
© AFP 2022 / Daniel GarciaMaradona comemora após um dos quatro gols que garantiram a vitória, por 4 a 0, da seleção argentina contra a Grécia em partida válida pela primeira rodada do grupo D da Copa do Mundo de 1994, no Foxboro Stadium, em Foxborough, Massachusetts. Estados Unidos, 21 de junho de 1994.
Maradona comemora após um dos quatro gols que garantiram a vitória, por 4 a 0, da seleção argentina contra a Grécia em partida válida pela primeira rodada do grupo D da Copa do Mundo de 1994, no Foxboro Stadium, em Foxborough, Massachusetts - Sputnik Brasil
5/13
Maradona comemora após um dos quatro gols que garantiram a vitória, por 4 a 0, da seleção argentina contra a Grécia em partida válida pela primeira rodada do grupo D da Copa do Mundo de 1994, no Foxboro Stadium, em Foxborough, Massachusetts. Estados Unidos, 21 de junho de 1994.
© REUTERS / StringerEm Havana, Diego Maradona mostra ao líder cubano Fidel Castro uma tatuagem feita em sua homenagem. Cuba, 29 de outubro de 2001.
Em Havana, Diego Maradona mostra ao líder cubano Fidel Castro uma tatuagem feita em sua homenagem - Sputnik Brasil
6/13
Em Havana, Diego Maradona mostra ao líder cubano Fidel Castro uma tatuagem feita em sua homenagem. Cuba, 29 de outubro de 2001.
© AFP 2022 / StringerDiego Maradona dançando durante festa de despedida do ex-futebolista colombiano Carlos Valderrama, em 31 de janeiro de 2004.
Diego Maradona dançando durante festa de despedida do ex-futebolista colombiano Carlos Valderrama, em 31 de janeiro de 2004 - Sputnik Brasil
7/13
Diego Maradona dançando durante festa de despedida do ex-futebolista colombiano Carlos Valderrama, em 31 de janeiro de 2004.
© REUTERS / Marcos BrindicciDiego Maradona fuma um charuto enquanto assiste ao início da partida entre Boca Juniors e San Lorenzo no estádio de La Bombonera, válida pela quinta rodada do Torneio Clausura do Campeonato Argentino, em Buenos Aires, em 19 de fevereiro de 2006.
Diego Maradona fuma um charuto enquanto assiste ao início da partida entre Boca Juniors e San Lorenzo no estádio de La Bombonera, em Buenos Aires, em 19 de fevereiro de 2006 - Sputnik Brasil
8/13
Diego Maradona fuma um charuto enquanto assiste ao início da partida entre Boca Juniors e San Lorenzo no estádio de La Bombonera, válida pela quinta rodada do Torneio Clausura do Campeonato Argentino, em Buenos Aires, em 19 de fevereiro de 2006.
© AFP 2022 / Valery HacheNo 61º Festival de Cannes, Diego Maradona bate bola ao lado das filhas Dalma e Giannina antes de assistir ao documentário "Maradona by Kusturica", do cienasta sérvio Emir Kusturica. França, 20 de maio de 2008.
No 61º Festival de Cannes, na França, Diego Maradona bate bola ao lado das filhas Dalma e Giannina antes de assistir ao documentário Maradona by Kusturica, do cienasta sérvio Emir Kusturica - Sputnik Brasil
9/13
No 61º Festival de Cannes, Diego Maradona bate bola ao lado das filhas Dalma e Giannina antes de assistir ao documentário "Maradona by Kusturica", do cienasta sérvio Emir Kusturica. França, 20 de maio de 2008.
© REUTERS / Eddie KeoghNa Copa do Mundo de 2010, Maradona, então treinador da Argentina, festeja após o gol da vitória, por 1 a 0, sobre a Nigéria, pelo grupo B do torneio, marcado pelo zagueiro Gabriel Heinze. Estádio Ellis Park, Joanesburgo, África do Sul, 12 de junho de 2010.
Na Copa do Mundo de 2010, Maradona, então treinador da Argentina, festeja após o gol da vitória, por 1 a 0, sobre a Nigéria, pelo grupo B do torneio, marcado pelo zagueiro Gabriel Heinze - Sputnik Brasil
10/13
Na Copa do Mundo de 2010, Maradona, então treinador da Argentina, festeja após o gol da vitória, por 1 a 0, sobre a Nigéria, pelo grupo B do torneio, marcado pelo zagueiro Gabriel Heinze. Estádio Ellis Park, Joanesburgo, África do Sul, 12 de junho de 2010.
© REUTERS / Carlos BarriaO treinador Diego Maradona conversa com a imprensa antes do jogo entre Argentina e Alemanha pelas quartas de final da Copa do Mundo de 2010, no estádio Green Point, na Cidade do Cabo. África do Sul, 3 de julho de 2010.
O treinador Diego Maradona conversa com a imprensa antes do jogo entre Argentina e Alemanha pelas quartas de final da Copa do Mundo de 2010, no estádio Green Point, na Cidade do Cabo - Sputnik Brasil
11/13
O treinador Diego Maradona conversa com a imprensa antes do jogo entre Argentina e Alemanha pelas quartas de final da Copa do Mundo de 2010, no estádio Green Point, na Cidade do Cabo. África do Sul, 3 de julho de 2010.
© REUTERS / Marcos BrindicciDiego Maradona com sua então namorada, Rocío Oliva, durante confronto entre Argentina e Itália pela Copa Davis, de tênis, no Parque Sarmiento. Buenos Aires, Argentina, 3 de fevereiro de 2017.
Diego Maradona com sua então namorada, Rocío Oliva, durante confronto entre Argentina e Itália pela Copa Davis, de tênis, no Parque Sarmiento - Sputnik Brasil
12/13
Diego Maradona com sua então namorada, Rocío Oliva, durante confronto entre Argentina e Itália pela Copa Davis, de tênis, no Parque Sarmiento. Buenos Aires, Argentina, 3 de fevereiro de 2017.
© REUTERS / Grigory DukorO ídolo argentino Diego Maradona no Palácio Estatal do Kremlin, em Moscou, durante o sorteio da Copa do Mundo FIFA de 2018. Rússia, 1º de dezembro de 2017.
O ídolo argentino Diego Maradona no Palácio Estatal do Kremlin, em Moscou, durante o sorteio da Copa do Mundo FIFA de 2018 - Sputnik Brasil
13/13
O ídolo argentino Diego Maradona no Palácio Estatal do Kremlin, em Moscou, durante o sorteio da Copa do Mundo FIFA de 2018. Rússia, 1º de dezembro de 2017.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала