Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Na China, produções cinematográficas crescem, e habitantes de Pequim gastam mais com entretenimento

© AP Photo / Ng Han GuanChinesas usam smartphones em parque da capital chinesa, Pequim, 14 de maio de 2020
Chinesas usam smartphones em parque da capital chinesa, Pequim, 14 de maio de 2020 - Sputnik Brasil
Nos siga no
Relatório apresenta dados sobre a indústria cultural na China. Documento foi lançado pelo Centro de Gestão de Ativos Culturais de Propriedade Estatal de Pequim, juntamente com a Escola de Gestão das Indústrias Culturais da Universidade de Comunicação da China.

A indústria cultural na China está em alta. Os gastos per capita dos residentes de Pequim em educação, cultura e entretenimento subiram para 4.311 yuans (R$ 3.585,36) no ano passado, um aumento anual de 7,8%, de acordo com informações publicadas nesta terça-feira (24) pela agência Xinhua.

O gasto per capita na cidade foi cerca de 72% maior do que a média nacional, refletindo o poder de compra e a forte demanda dos residentes da capital da China por consumo cultural.

Nos últimos anos, o desenvolvimento da indústria cultural em Pequim apresentou um crescimento exponencial. De 2013 a 2018, o valor agregado no setor registrou um aumento médio anual de 13,3%, segundo informações do relatório.

Crescimento do cinema

Ao passo que o relatório verificou um aumento nos gastos com cultura por parte dos cidadãos de Pequim, a receita de bilheteria dos cinemas na China ultrapassou neste ano 16 bilhões de yuans (pouco mais de R$ 13 bilhões), com quatro filmes contribuindo com mais da metade do montante.

Dados compilados pela China Movie Data Information Network, também publicados pela agência Xinhua, revelam que o épico de guerra "Os Oitocentos", de Guan Hu, liderou a lista de 2020, arrecadando mais de 3,1 bilhões de yuans até o momento (R$ 2,5 bilhões).

© REUTERS / LAM YIKPessoas sentadas no AIA Vitality Park para uma exibição de filme ao ar livre em Hong Kong, na China
Na China, produções cinematográficas crescem, e habitantes de Pequim gastam mais com entretenimento - Sputnik Brasil
Pessoas sentadas no AIA Vitality Park para uma exibição de filme ao ar livre em Hong Kong, na China
Em segundo lugar ficou a comédia "Meu Povo, Minha Terra Natal". Em terceiro, o longa de animação "Jiang Ziya: Lenda da Deificação". Esses dois arrecadaram, respectivamente, mais de 2,8 bilhões de yuans (cerca de R$ 2,2 bilhões), e 1,6 bilhões de yuans (cerca de R$ 1,3 bilhões).

"O Sacrifício", filme ambientado durante a Guerra da Coreia (1950-1953), ficou em quarto lugar, com receita de mais de um bilhão de yuans (pouco mais de R$ 800 milhões).

Por fim, "Salto", um filme esportivo que conta histórias da seleção chinesa de vôlei feminino nos últimos 40 anos, ficou em quinto lugar, e apresentou uma receita de mais de 800 milhões de yuans (pouco mais de R$ 654 milhões).

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала