Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

UNESCO quer enviar missão para preservar patrimônio cultural de Nagorno-Karabakh

© REUTERS / StringerPatrimônio cultural: o Monastério de Dadivank da Igreja Apostólica Armênia está localizado em um território que em breve será entregue ao Azerbaijão sob um acordo de paz que se seguiu aos combates na região de Nagorno-Karabakh, no distrito de Kalbajar. Foto de 15 de novembro de 2020.
Patrimônio cultural: o Monastério de Dadivank da Igreja Apostólica Armênia está localizado em um território que em breve será entregue ao Azerbaijão sob um acordo de paz que se seguiu aos combates na região de Nagorno-Karabakh, no distrito de Kalbajar. Foto de 15 de novembro de 2020. - Sputnik Brasil
Nos siga no
Na última quarta-feira (18), a diretora geral da UNESCO, Audrey Azoulay, se reuniu com os representantes de Armênia e Azerbaijão junto à organização.

Azoulay quer enviar uma missão a Nagorno-Karabakh para ajudar a preservar o patrimônio cultural local, conforme informa um comunicado à imprensa feito pela organização nesta sexta-feira (20).

A diretora-geral da UNESCO se reuniu com representantes da Armênia e do Azerbaijão, que no início deste mês concordaram em cessar-fogo após semanas de atividades militares na região de Karabakh.

No comunicado, a UNESCO afirmou que já havia tentado chegar a um acordo com os dois países para enviar missões anteriormente, mas as tentativas foram frustradas.

"Durante essas reuniões, a diretora-geral propôs formalmente o apoio técnico da UNESCO, que não pôde visitar essas zonas até agora, apesar das tentativas anteriores, e que poderia, com o consentimento de todas as partes interessadas, realizar uma missão de campo preliminar, a fim de fazer um inventário dos bens culturais mais significativos, que é pré-requisito para uma proteção efetiva do patrimônio da região", afirma o comunicado.
© Sputnik / Aleksei Kudenko / Abrir o banco de imagensHomem dança comemorando fim do cessar-fogo e conquistas do Azerbaijão, após Erevan e Baku porem fim às hostilidades em Nagorno-Karabakh
UNESCO quer enviar missão para preservar patrimônio cultural de Nagorno-Karabakh - Sputnik Brasil
Homem dança comemorando fim do cessar-fogo e conquistas do Azerbaijão, após Erevan e Baku porem fim às hostilidades em Nagorno-Karabakh

Em Nagorno-Karabakh, existem diversas igrejas e monumentos históricos seculares entre eles o monastério de Dadivank, que foi erguido entre os séculos IX e XIII.

Durante a última escalada no conflito em Nagorno-Karabakh, que começou no fim de setembro, as Forças Armadas do Azerbaijão bombardearam as ruínas da antiga cidade armênia de Tigranakert, e atingiriam duas vezes a Catedral de Ghazanchetsots, na cidade de Shusha.

No dia 12 de novembro, o Azerbaijão garantiu que nenhum monumento será danificado depois que o país assumir o controle dos territórios citados no acordo de cessar-fogo.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала