Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Perícia aponta em laudo inicial que morte de homem negro em supermercado foi causada por asfixia

Nos siga no
As análises iniciais do Instituto Geral de Perícias do RS (IGP-RS) apontam para a possibilidade de asfixia como causa da morte de João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, homem negro, espancado em um supermercado Carrefour de Porto Alegre.

O IGP informou no Twitter que outros exames laboratoriais estão sendo realizados, e os laudos definitivos devem ser concluídos nos próximos dias.

​João Alberto Silveira Freitas foi morto por dois seguranças brancos, na noite desta quinta-feira (19), véspera do Dia da Consciência Negra.

Magno Braz Borges e Giovane Gaspar da Silva, seguranças flagrados pelas imagens das câmeras, foram presos em flagrante e tiveram a prisão preventiva decretada.

O corpo de Freitas foi levado aos Departamentos de Criminalística e Médico-legal, na noite de quinta-feira (19), e foi liberado para os familiares na tarde de sexta-feira (20).​

Segundo a Brigada Militar (como é chamada a Polícia Militar no Rio Grande do Sul), Giovane é policial militar temporário e não poderia estar trabalhando no supermercado.

João Alberto foi espancado após um suposto desentendimento dentro do estabelecimento.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала