Campanha de Trump desiste de seguir com processo jurídico no estado de Michigan

© REUTERS / Eduardo MunozRudy Giuliani, advogado da campanha do presidente Donald Trump.
Rudy Giuliani, advogado da campanha do presidente Donald Trump. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A equipe da campanha à reeleição do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou nesta quinta-feira (19) a retirada da ação jurídica que contesta o resultado da eleição no estado de Michigan.

A declaração foi dada pelo advogado de Trump, Rudy Giuliani, em um comunicado. As informações foram publicadas pela agência Reuters.

"Nesta manhã estamos retirando nosso processo em Michigan como resultado direto de termos obtido o alívio que buscávamos: impedir que a eleição no Condado de Wayne seja prematuramente certificada antes de os moradores terem a garantia de que todo voto legal foi contado", escreveu Giuliani.

No dia 10 de novembro, a campanha do candidato republicano disse que demandaria uma ação judicial para impedir o estado de Michigan de certificar seus resultados eleitorais sob a justificativa da existência de carimbos postais com datas retroativas acrescentadas a algumas cédulas de correio atrasadas no estado da Pensilvânia.

Nesta quarta-feira (18), a secretaria de Estado de Michigan, Jocelyn Benson, disse que todos os condados de Michigan vão certificar o resultado da apuração das eleições presidenciais.

Benson afirmou ainda que a junta de apuração vai se reunir novamente em 23 de novembro para "emitir a certificação final da eleição".

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала