Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Furacão Iota devasta ilhas colombianas e deixa ao menos 1 morto

© REUTERS / Luis Guillermo FerrebusConsequências da passagem do furacão Iota por Cartagena, Colômbia, em 14 de novembro de 2020
Consequências da passagem do furacão Iota por Cartagena, Colômbia, em 14 de novembro de 2020 - Sputnik Brasil
Nos siga no
O poderoso furacão Iota, de categoria 5, devastou as ilhas do departamento colombiano de San Andrés e Providencia, no Caribe, onde deixou pelo menos um morto, informou o presidente Iván Duque nesta segunda-feira (16).

Em discurso, o presidente colombiano explicou que a ilha de Providencia sofreu um grave impacto em sua infraestrutura, em quase 98% de seu território. A fim de ajudar as autoridades e a população local, o governo deverá enviar uma embarcação com ajuda humanitária a partir de Cartagena das Índias para o arquipélago.

Ao Vivo. Declaração do presidente Iván Duque de Cartagena, Bolívar.​

De acordo com o governador do departamento, Everth Hawkins Sjogreen, o arquipélago se encontra sem energia elétrica

​O arquipélago está sem energia elétrica, providencia sem comunicação total, sem VHF marítimo, celular, telefones por satélite e suportando o crescente poder e força do furacão, que já é categoria 5.

Fontes afirmam que a ilha de San Andrés ficou completamente inundada com a passagem do Iota, deixando as pessoas presas em suas casas por 24 horas. Após o rastro de devastação que deixou no departamento colombiano, o furacão seguiu em direção à Nicarágua.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала