Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

COVID-19: 9% dos pacientes com alta retornaram a centros médicos nos EUA, revela estudo

© AP Photo / Lynne SladkyNa Flórida, EUA, um trabalhador da área da saúde realiza testes de detecção da COVID-19, em 6 de julho de 2020.
Na Flórida, EUA, um trabalhador da área da saúde realiza testes de detecção da COVID-19, em 6 de julho de 2020. - Sputnik Brasil
Nos siga no
Pesquisadores descobriram que a probabilidade de um paciente retornar com outras doenças era mais alta entre maiores de 65 anos e pessoas com doenças crônicas.

Aproximadamente 9% dos pacientes hospitalizados com COVID-19 retornaram com outras doenças a centros médicos em um prazo de dois meses desde o momento que tiveram alta, segundo um informe dos Centros para Controle e Prevenção de Doenças dos EUA.

"Depois da hospitalização pela COVID-19, o diagnóstico primário, que figura no informe de alta hospitalar mais comum da readmissão, foram doenças dos sistemas circulatório, digestivo ou respiratório", detalhe o informe.

Os especialistas analisaram os dados de 106.543 pacientes que tiveram alta após serem hospitalizados com COVID-19. Segundo os resultados da pesquisa, 9.504 pessoas (9%) voltaram ao hospital por uma segunda vez e 1.667 (1,6) retornaram por mais de duas.

© AP Photo / Erwin Jacob MicianoEm Los Angeles, nos EUA, profissionais de saúde dentro de um navio-hospital tratam um paciente como parte de um esforço de apoio aos hospitais da região para liberar leitos em meio à pandemia da COVID-19, em 29 de março de 2020
COVID-19: 9% dos pacientes com alta retornaram a centros médicos nos EUA, revela estudo - Sputnik Brasil
Em Los Angeles, nos EUA, profissionais de saúde dentro de um navio-hospital tratam um paciente como parte de um esforço de apoio aos hospitais da região para liberar leitos em meio à pandemia da COVID-19, em 29 de março de 2020

Além disso, os especialistas descobriram que a probabilidade de readmissão era mais alta entre os pacientes maiores de 65 anos, os que tinham condições crônicas, como doença pulmonar obstrutiva crônica, insuficiência cardíaca, diabetes e doença renal crônica.

Os pacientes que tiveram alta em centros de enfermagem também apresentaram um nível de retorno mais alto, assim como os pacientes que foram hospitalizados dentro dos três meses anteriores a uma internação relacionada com o coronavírus.

"Um futuro trabalho vai examinar os diagnósticos detalhados registrados durante as readmissões para compreender melhor as sequelas da COVID-19 ou as condições de saúde que requerem atenção prolongada ou contínua", detalha o informe.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала