Papa parabeniza Joe Biden por eleição nos Estados Unidos

© AP Photo / Cliff OwenPapa Francisco sai da Nunciatura Apostólica nos EUA rumo ao Congresso, em Washington (foto de arquivo)
Papa Francisco sai da Nunciatura Apostólica nos EUA rumo ao Congresso, em Washington (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O papa Francisco ofereceu suas "bênçãos e felicitações" ao candidato projetado pela mídia norte-americana como presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, em um telefonema nesta quinta-feira (12).

A conversa foi anunciada pela equipe de transição de Biden, que, segundo as projeções, se transformará no segundo presidente católico da história dos EUA depois de John Kennedy, quando assumir o cargo em 20 janeiro.

Durante o período em que seu papado coincidiu com o mandato de Trump, Francisco entrou em rota de colisão com presidente norte-americano em uma série de questões, como China, mudanças climáticas, Cuba e imigração.

"O presidente eleito agradeceu a Vossa Santidade por sua bênção e seus parabéns, e fez questão de demonstrar seu apreço pela liderança de Vossa Santidade na promoção da paz, da reconciliação, e dos laços que unem a humanidade ao redor do planeta", disse a equipe de transição em comunicado.

​O presidente eleito Biden conversou nesta manhã com Vossa Santidade o Papa Francisco.

"[Biden] manifestou seu desejo de trabalhar junto, com base na crença compartilhada na dignidade e na igualdade, em todas as questões da humanidade, como o cuidado aos mais pobres e marginalizados, a crise da mudança climática, e o acolhimento e a integração de imigrantes e refugiados em nossas comunidades", acrescentou a equipe de transição na nota.

Em fevereiro de 2016, quando Trump ainda era o candidato republicano à presidência, Francisco criticou sua promessa de construir um muro ao longo da fronteira com o México, ao afirmar que o homem que deseja construir barreiras "não é cristão".

Após a eleição do magnata norte-americano, o papa criticou sua decisão de sair do Acordo de Paris para limitar o aquecimento global e sua política de separar as famílias de imigrantes que entravam ilegalmente nos Estados Unidos.

Além disso, em uma entrevista à Reuters em 2018, Francisco revelou ter ficado triste com a iniciativa de Trump de retroceder no acordo para normalizar relações com Cuba, que o Vaticano ajudou a tirar do papel durante a administração de Barack Obama.

© SputnikResultados das eleições presidenciais nos EUA em curso
Papa parabeniza Joe Biden por eleição nos Estados Unidos - Sputnik Brasil
Resultados das eleições presidenciais nos EUA em curso
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала