Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Presidente do Azerbaijão, Aliev, declara fim da guerra e vitória azeri em Nagorno-Karabakh

© REUTERS / StringerSoldado de etnia armênia na linha de frente no conflito pela região contestada de Nagorno-Karabakh, 20 de outubro de 2020
Soldado de etnia armênia na linha de frente no conflito pela região contestada de Nagorno-Karabakh, 20 de outubro de 2020 - Sputnik Brasil
Nos siga no
O presidente do Azerbaijão, Ilham Aliev, declarou que a guerra em Nagorno-Karabakh terminou, e seu país saiu vitorioso.

"Caros militares, a Guerra Patriótica terminou. Nesta guerra, o Azerbaijão conquistou uma vitória brilhante, nossas terras foram libertadas da ocupação, expulsamos os invasores de nossas terras", afirmou Aliev.

De acordo com o líder azeri, Baku vai avaliar os danos causados pela Armênia em Nagorno-Karabakh com a ajuda de especialistas estrangeiros.

Após mais de 40 dias de embates intensos entre as forças armênias e azeris, Baku e Erevan, decidiram assinar um cessar-fogo através de uma declaração pela qual ambos os lados se comprometerem a terminar suas atividades militares em Nagorno-Karabakh.

O regime de cessar-fogo, iniciado às 18h00 do dia 9 pelo horário de Brasília, também traz consigo a presença de uma força de paz russa para observar o cumprimento do acordo.

Conflito em Nagorno-Karabakh

As batalhas na linha de contato em Nagorno-Karabakh começaram em 27 de setembro. A Armênia e o Azerbaijão se acusam mutuamente de desencadear operações militares, até mesmo contra civis, em torno da república não reconhecida, incluindo sua capital, Stepanakert. A Armênia declarou lei marcial, e, pela primeira vez, mobilização geral, alegando que Ancara está apoiando ativamente Baku. Azerbaijão, por sua vez, implementou mobilização parcial, bem como lei marcial em várias cidades.

Os líderes da Rússia, dos EUA e da França pediram para ambas às partes do conflito que parassem com os confrontos e se comprometessem a iniciar as negociações sem condições prévias. Já foram negociados três cessar-fogos anteriormente, tendo sido quebrados pouco depois.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала