Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

'Mais do que suficiente', diz desenvolvedor de mísseis balísticos sobre potencial nuclear da Rússia

© Sputnik / Ilia Pitalev / Abrir o banco de imagensDemonstração do sistema de mísseis Topol-M no polígono de Alabino, nos arredores de Moscou, Rússia
Demonstração do sistema de mísseis Topol-M no polígono de Alabino, nos arredores de Moscou, Rússia - Sputnik Brasil
Nos siga no
O acadêmico Yuri Solomonov, desenvolvedor dos mísseis estratégicos russos Topol, Bulava e Yars, afirmou que o potencial nuclear da Rússia é "garantidamente mais do que suficiente".

"As forças nucleares estratégicas devem resolver a tarefa de garantir a segurança nacional. Atualmente, este potencial é garantidamente mais do que suficiente", afirmou em entrevista à revista Natsionalnaya Oborona (Defesa Nacional).

Além disso, ele observou que armas são armas, e que é impossível parar o seu aperfeiçoamento.

"A questão não deve ser a competitividade neste assunto, não deve ser política, mas sim a suficiência mínima razoável. Ao mesmo tempo, a suficiência mínima razoável é determinada, antes de mais nada, pelo critério que mencionei repetidamente em todos os níveis, incluindo o mais alto. Refiro-me ao uso do critério universal de 'custo-benefício'", completou.

O sistema de mísseis Yars já se tornou a principal arma da Força Estratégica de Mísseis da Rússia, que atualmente conta com mais de 200 sistemas de lançadores móveis deste tipo.

© Sputnik / Vladimir AstapkovichMíssil balístico intercontinental Yars durante ensaio para parada militar em Moscou (foto de arquivo)
'Mais do que suficiente', diz desenvolvedor de mísseis balísticos sobre potencial nuclear da Rússia - Sputnik Brasil
Míssil balístico intercontinental Yars durante ensaio para parada militar em Moscou (foto de arquivo)

O míssil balístico Bulava, de combustível sólido, pode transportar de 6 a 10 ogivas nucleares e atingir alvos a uma distância de até 10 mil quilômetros com precisão entre 250-300 metros.

O Topol-M é um sistema de mísseis estratégicos desenvolvido no final dos anos 80 e início dos anos 90. Na versão de baseamento em silo, foi adotado em serviço no ano 2000.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала