- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Diagnosticado com COVID-19, Pazuello é internado por desidratação

© Folhapress / FramePhotoGeneral Eduardo Pazuello toma posse como ministro da Saúde após ficar 4 meses no cargo de forma interina
General Eduardo Pazuello toma posse como ministro da Saúde após ficar 4 meses no cargo de forma interina - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, foi internado em um hospital particular na noite da sexta-feira (30), em Brasília.

Conforme publicou o portal G1, Pazuello foi internado após passar por exames que identificaram quadro de desidratação. Segundo o hospital, o ministro deve ser liberado em breve.

O Ministério da Saúde publicou uma nota explicando a situação:

"O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, compareceu ao hospital DF Star, em Brasília, na noite desta sexta-feira (30) para se submeter a exames de acompanhamento do tratamento da Covid-19. O procedimento faz parte da conduta indicada pela equipe médica do ministro. Pazuello permanece na unidade de saúde para hidratação e acompanhamento médico e deve ser liberado em breve".

O ministro da Saúde divulgou que está com COVID-19 no dia 21 de outubro e cumpria isolamento no hotel de trânsito dos oficiais na capital Brasília. Pazuello já apresentou quadro de desidratação na semana passada.

© Folhapress / Wallace MartinsO Presidente Jair Bolsonaro e o Ministro da Saúde, General Pazuello, durante cerimônia de lançamento do Genomas, no Palácio do Planalto, na cidade de Brasília, DF
Diagnosticado com COVID-19, Pazuello é internado por desidratação - Sputnik Brasil
O Presidente Jair Bolsonaro e o Ministro da Saúde, General Pazuello, durante cerimônia de lançamento do Genomas, no Palácio do Planalto, na cidade de Brasília, DF

No dia 22 de outubro, o ministro apareceu em uma transmissão em redes sociais ao lado do presidente brasileiro, Jair Bolsonaro. A transmissão ocorreu apesar da recomendação de isolamento e tratou da polêmica em torno da vacina CoronaVac, cuja compra de 46 milhões de doses foi impedida por Bolsonaro.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала