- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

'Lógico que vai', diz Mourão sobre compra da CoronaVac

© REUTERS / Adriano MachadoO presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, abraça o vice-presidente do Brasil, Hamilton Mourão, durante a cerimônia do Dia do Aviador na Base Aérea de Brasília
O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, abraça o vice-presidente do Brasil, Hamilton Mourão, durante a cerimônia do Dia do Aviador na Base Aérea de Brasília - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Vice-presidente falou sobre a vacina chinesa em entrevista à revista Veja. Segundo ele, polêmica sobre imunização faz parte de uma "briga política" com João Doria.

Em uma entrevista publicada pela revista Veja nesta sexta-feira (30), o vice-presidente, Hamilton Mourão, contradisse o presidente Jair Bolsonaro e afirmou que o Brasil vai comprar a vacina do laboratório chinês Sinovac, desenvolvida em parceria com o Instituto Butantan.

"Lógico que vai. Essa questão da vacina é briga política com o Doria. O governo vai comprar a vacina, lógico que vai. Já colocamos os recursos no Butantan para produzir essa vacina. O governo não vai fugir disso aí", afirmou.

O vice esclareceu que não tem receio de tomar uma vacina que venha da China. "Desde que esteja certificada pela Anvisa. Não tem problema nenhum", concluiu.

Na quarta-feira (21), o presidente Jair Bolsonaro declarou que a vacina contra a COVID-19 desenvolvida pela empresa chinesa SinoVac, em parceria com o Instituto Butantan, não seria comprada pelo governo.

A declaração de Bolsonaro, feita nas redes sociais em resposta a comentários de usuários no Facebook, aconteceu um dia após o Ministério da Saúde anunciar a compra de 46 milhões de doses da vacina CoronaVac.

© REUTERS / Thomas PeterFuncionário trabalha em fábrica de embalagem da vacina produzida pelo laboratório SinoVac, na China
'Lógico que vai', diz Mourão sobre compra da CoronaVac - Sputnik Brasil
Funcionário trabalha em fábrica de embalagem da vacina produzida pelo laboratório SinoVac, na China
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала