- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

'Nhonho': em novo ataque, ministro Salles ofende Rodrigo Maia em rede social

© José Cruz/Agência BrasilMinistro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, participa de audiência pública, na Comissão de Agricultura. Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados, Brasília, 27 de novembro de 2019
Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, participa de audiência pública, na Comissão de Agricultura. Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados, Brasília, 27 de novembro de 2019 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
No fim da quarta-feira (28), o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, foi às redes sociais para ofender o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

O ministro respondeu a uma publicação de Maia chamando-o de "Nhonho", um personagem do seriado mexicano "Chaves" que costuma ser lembrado por apoiadores de Bolsonaro nas redes sociais para ofender o presidente da Câmara.

​A postagem de Maia data do sábado (24), quando o congressista rebateu uma fala de Salles do dia anterior, direcionada ao ministro da Secretaria do Governo, Luiz Eduardo Ramos, chamado pelo ministro do Meio Ambiente de "Maria fofoca". Além de Maia, o presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre (DEM-AP) também foi às redes contra Salles e em defesa de Ramos.

© Folhapress / Antonio Molina/Zimel PressO Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, durante entrevista coletiva.
'Nhonho': em novo ataque, ministro Salles ofende Rodrigo Maia em rede social - Sputnik Brasil
O Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, durante entrevista coletiva.

A ofensa do ministro do Meio Ambiente insinuou que Ramos teria servido de fonte para o jornal O Globo em uma publicação que envolvia Salles e a ala militar do governo. A atitude de Salles gerou críticas e reações de membros do governo do presidente Jair Bolsonaro, levando o ministro a se desculpar no domingo (25) e Ramos, pouco antes, a negar que haja uma crise dentro do governo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала