Turquia convoca encarregado de negócios francês por caricaturas de Erdogan

© Sputnik / Sergei Guneev / Abrir o banco de imagensO presidente da Turquia, Tayyip Erdogan, em coletiva de imprensa em Moscou.
O presidente da Turquia, Tayyip Erdogan, em coletiva de imprensa em Moscou. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Turquia convocou hoje (28) o encarregado de negócios da França devido às caricaturas do presidente turco publicadas na revista satírica Charlie Hebdo, informou o Ministério das Relações Exteriores da Turquia em comunicado.

A caricatura, publicada na capa da revista, mostra Erdogan sentado em uma poltrona, de camisa branca e cueca, segurando uma latinha de bebida e levantando o vestido de uma mulher de hijab e sem roupas íntimas. As autoridades turcas descreveram o desenho como um "esforço nojento", segundo a agência Reuters. 

"Condenamos fortemente a publicação envolvendo nosso presidente na revista francesa, que não respeita a fé, os valores e o sagrado", escreveu o porta-voz de Erdogan, Ibrahim Kalin, no Twitter.

A França chamou de volta seu embaixador na Turquia no último sábado (24), depois que Erdogan afirmou que o presidente francês, Emmanuel Macron, precisava de tratamento mental por causa de sua atitude em relação aos muçulmanos e ao Islã. Com isso, o encarregado de negócios passou a chefiar a missão diplomática francesa em Ancara. 

França e Turquia estão em rota de colisão depois que um professor francês, que havia mostrado charges do profeta Maomé a alunos em uma aula sobre liberdade de expressão, foi decapitado em Paris, o que provocou uma forte reação do líder francês que prometeu lutar contra islã radical.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала