- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Banco Central mantém taxa Selic em 2% ao ano

© Foto / Marcello Casal Jr/Agência BrasilSede do Banco Central do Brasil em Brasília.
Sede do Banco Central do Brasil em Brasília. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu, por unanimidade, nesta quarta-feira (28) manter a taxa básica de juros da economia brasileira em 2% ao ano.

Em nota, o Copom afirma que o temor de uma segunda onda em países da Europa e nos EUA geram incertezas sobre a retomada da atividade econômica mundial.

"No cenário externo, a forte retomada em alguns setores produtivos parece sofrer alguma desaceleração, em parte devida à ressurgência da pandemia em algumas das principais economias. Há bastante incerteza sobre a evolução desse cenário, frente a uma possível redução dos estímulos governamentais e à própria evolução da COVID-19", escreveu.

As estimativas do Copom sobre a inflação brasileira são de 3,1% para 2020, 3,1% para 2021 e 3,3% para 2022.

"Esse cenário supõe trajetória de juros que encerra 2020 em 2% ao ano e se eleva até 2,75% em 2021 e 4,5% em 2022", projetou o comitê.

A Selic foi fixada em 2% ao ano na reunião de agosto, assumindo o menor patamar da série histórica. Em 16 de setembro o Copom já havia decidido pela manutenção dos dois pontos percentuais.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала