Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

COVID-19: 80% dos pacientes em hospital espanhol tinham deficiência de vitamina D, diz estudo

© Sputnik / Aleksei Maishev / Abrir o banco de imagensPaciente e médico no hospital durante a pandemia do novo coronavírus, Moscou, Rússia
Paciente e médico no hospital durante a pandemia do novo coronavírus, Moscou, Rússia - Sputnik Brasil
Nos siga no
A vitamina D é um hormônio que os rins produzem, que controla a concentração de cálcio no sangue e afeta o sistema imunológico.

Entre 216 pacientes com COVID-19 em um hospital na Espanha, 82,2% tinham deficiência de vitamina D, de acordo com um novo estudo publicado na revista científica Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism nesta terça-feira (27).

"Uma abordagem é identificar e tratar a deficiência de vitamina D, especialmente em indivíduos de alto risco, como idosos, pacientes com comorbidades e residentes de asilos, que são a população-alvo da COVID-19", afirmou em comunicado o principal autor do estudo, José L. Hernández.

"O tratamento com vitamina D deve ser recomendado em pacientes com COVID-19 com baixos níveis de vitamina D circulando no sangue, uma vez que esta abordagem pode ter efeitos benéficos tanto no sistema musculoesquelético quanto no sistema imunológico", acrescentou o cientista.

Os pesquisadores descobriram que os homens tinham níveis mais baixos de vitamina D do que as mulheres. No estudo, os hospitalizados com COVID-19 e com baixos níveis de vitamina D tinham maior probabilidade de também terem doenças crônicas.

© Foto / Pixabay / ArcaionVitamina D (imagem referencial)
COVID-19: 80% dos pacientes em hospital espanhol tinham deficiência de vitamina D, diz estudo - Sputnik Brasil
Vitamina D (imagem referencial)

Os cientistas ressaltam que os resultados do estudo se limitam a um hospital, não podendo ser generalizados para outros países e contextos. Muitos estudos apontam para o efeito benéfico da vitamina D no sistema imunológico, principalmente no que diz respeito à proteção contra infecções. Esta deficiência é considerada comum no Brasil e no mundo.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала