Uruguai veta turismo durante o verão devido à pandemia

© AP Photo / Matilde CampodonicoHomem sentando na praia de Pocitos, no Uruguai
Homem sentando na praia de Pocitos, no Uruguai - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente do Uruguai, Luis Lacalle Pou, disse nesta quinta-feira (22) em conferência de imprensa que as fronteiras do país não serão abertas durante a temporada turística de verão. 

O país fechou as fronteiras com nações vizinhas para conter a disseminação do novo coronavírus. 

"Vai ser um verão restrito, basicamente as fronteiras vão estar fechadas", afirmou Lacalle Pou. 

Segundo o presidente uruguaio, experiências em outros lugares do mundo demonstraram que quando o turismo foi flexibilizado, a situação sanitária piorou devido ao aumento de casos de COVID-19. 

Além disso, o chefe de Estado prometeu "levar à Justiça" quem não cumprir com a quarentena após entrar no território uruguaio.  

'Não está fora de controle'

Lacalle Pou também anunciou que os protocolos de segurança sanitária nos pontos de entrada do país serão reforçados. O Uruguai viu um aumento de casos do coronavírus nas últimos dias, mas o presidente garantiu que a situação não está fora de controle". 

O mandatário ressaltou que o governo comprou doses de vacinas, mas disse que, no momento, a forma de se combater a doença era com o "uso de máscaras, lavando as mãos e distanciamento social". 

O Sistema Nacional de Emergência registrou 38 novos casos da COVID-19 no Uruguai nesta quinta-feira (22), fazendo número total de pessoas infectadas chegar a 2.701. Até o momento, 53 pessoas morreram devido à COVID-19 no país.

Atualmente existe um recorde de casos ativos no Uruguai, com 444 pessoas recebendo tratamento, das quais sete estão sob cuidado intensivo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала