Estudo revela por que formigas são excepcionalmente fortes

CC BY 3.0 / RW Taylor, CSIRO Entomology / Dinosaur or Fossil Ants Nothomyrmecia macropsМуравьи вида Nothomyrmecia macrops
Муравьи вида Nothomyrmecia macrops - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Neste trabalho, os pesquisadores conseguiram obter imagens detalhadas do que ocorre no tórax de uma formiga, tirando raios-X e criando modelos 3D para analisar os músculos e o esqueleto interno.

Pesquisadores de universidades do Japão e da França investigaram por que as formigas operárias são tão fortes. O estudo, publicado na revista científica Frontiers in Zoology na segunda-feira (19), sugere que a perda da possibilidade de voar está diretamente ligada à evolução de maior força.

"As formigas operárias evoluíram dos insetos voadores. Sempre presumimos que perder o voo ajudava a otimizar os corpos para trabalhar no solo, mas temos muito que aprender sobre como isso é feito", afirma em comunicado Evan Economo, coautor do estudo.

Reorganização do tórax

As formigas estão entre os animais mais bem-sucedidos do planeta, ocupando desde solos temperados a florestas tropicais, dunas desérticas e a mesa da cozinha. São insetos sociais e suas habilidades de trabalho em equipe há muito foram identificadas como um dos principais fatores que levam ao seu sucesso. As formigas são famosas pela capacidade de levantar ou arrastar objetos que pesam muito mais do que elas próprias e transportá-los para suas colônias.

© East News / East News/Solent News & Photo Agency/Frenki JungFormiga
Estudo revela por que formigas são excepcionalmente fortes - Sputnik Brasil
Formiga

Nesta pesquisa, os cientistas conseguiram obter uma imagem muito detalhada do que estava acontecendo dentro do tórax de uma formiga, tirando imagens de raios-X e criando modelos 3D para analisar os músculos e esqueleto interno.

Nos insetos voadores, os músculos das asas ocupam a maior parte do tórax, às vezes mais de 50%. Isso significa que outros músculos, que são usados para apoiar e mover a cabeça, as pernas e o abdômen, são contraídos e pressionados contra o exoesqueleto. Mas uma vez que as restrições de voo são removidas, todo o espaço no tórax é reorganizado.

"Dentro do tórax da formiga operária, tudo está perfeitamente integrado em um espaço minúsculo […] Os três grupos musculares aumentaram de volume, dando às formigas operárias mais força e potência. Também houve uma mudança na geometria dos músculos do pescoço, que sustentam e movem a cabeça. E a fixação interna dos músculos foi modificada", explica Christian Peeters, autor principal do artigo.

Os pesquisadores querem agora compreender melhor as principais inovações por trás do sucesso das formigas. "Sabemos que um fator é a estrutura social, mas essa força individual é outro fator essencial", acrescenta Economo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала