- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Vacina chinesa pode ter eficácia comprovada em dezembro, diz diretor do Butantan

© AP Photo / Eraldo PeresMédico do Hospital Universitário de Brasília mostra a vacina chinesa da Sinovac, voltada ao novo coronavírus
Médico do Hospital Universitário de Brasília mostra a vacina chinesa da Sinovac, voltada ao novo coronavírus - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, declarou nesta segunda-feira (19) que a eficácia da vacina chinesa CoronaVac deve ser comprovada até dezembro.

Desenvolvida pela empresa chinesa SinoVac em parceria com o Instituto Butantan, a CoronaVac está na terceira fase de testes, realizados com 9.000 voluntários brasileiros.

"É uma vacina muito segura, isso já é esperado pela própria tecnologia envolvida nessa vacina. Na realidade, neste momento, é a vacina que tem o perfil de segurança melhor entre todas as vacinas que estão sendo testadas", afirmou Dimas Covas, citado pelo G1.

De acordo com o diretor do Butantan, os voluntários brasileiros tiveram reações adversas leves com os testes da vacina, apresentando "um perfil de segurança muito apropriado".

"Nós aguardamos o fim dessa fase de estudos, obviamente que é um estudo clínico que ainda demanda outras fases, principalmente a fase de eficácia, e que nós aguardamos aí até o fim do ano que possa ocorrer a demonstração da eficácia para que a nossa Anvisa possa registrar a nossa vacina", completou o diretor.

Também nesta segunda-feira (19), o diretor-geral do Fundo Russo de Investimentos Diretos (RFPI, na sigla em russo), Kirill Dmitriev, confirmou a produção da vacina russa Sputnik V no Brasil.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала