Governo de Israel aprova acordo para normalizar relações com Emirados Árabes Unidos

© AFP 2022 / Karim SahibBandeiras de Emirados Árabes Unidos e Israel
Bandeiras de Emirados Árabes Unidos e Israel - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os chefes de Estado de Israel e dos Emirados Árabes Unidos falaram durante o fim de semana para normalizar as relações diplomáticas entre os dois países, e se convidando mutuamente para um encontro.

O governo de Israel e o governo dos Emirados Árabes Unidos (EAU) acordaram na segunda-feira (12) normalizar as relações diplomáticas mútuas, informa o jornal The Times of Israel.

Benjamin Netanyahu e Mohammed bin Zayed Al Nahyan conversaram durante o fim de semana e concordado em se encontrar "em breve", sem referir um local exato, afirmou a mídia citando o gabinete do primeiro-ministro de Israel.

O acordo, chamado Tratado de Paz, Relações Diplomáticas e Normalização Plena entre os Emirados Árabes Unidos e o Estado de Israel, será submetido a voto na quinta-feira (15) no Parlamento israelense, chamado Knesset, que o deverá aprovar "sem demoras" devido à sua popularidade em Israel, garante o premiê do país.

Israel e EAU também discutiram cooperação em outras áreas, incluindo na luta contra o novo coronavírus.

"Este fim de semana falei com meu amigo, o príncipe herdeiro dos Emirados Árabes Unidos, xeique Mohammad bin Zayed", anunciou Netanyahu em um discurso a seus ministros durante reunião semanal do gabinete, descrevendo o chefe de Estado árabe como um amigo.

"Eu o convidei para visitar Israel, ele me convidou para visitar Abu Dhabi", disse.

Durante um telefonema com o primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu, discutimos o fortalecimento dos laços bilaterais e examinamos as perspectivas de paz e a necessidade de estabilidade, cooperação e desenvolvimento na região.

Anteriormente, em 31 de agosto, uma delegação israelense chefiada pelo conselheiro de Segurança Nacional Meir Ben Shabbat visitou os EAU, em Abu Dhabi.

A anterior conversa entre os chefes de Estado ocorreu em 13 de setembro, quando o acordo entre os dois países foi anunciado pela primeira vez.

Dois dias depois, Netanyahu assinou os acordos de normalização das relações diplomáticas com os EAU e Bahrein, presenciados então pelos respectivos chanceleres dos países, Abdullah bin Zayed al Nahyan e Abdullatif bin Rashid al Zayani, além do presidente norte-americano Donald Trump, em uma cerimônia na Casa Branca, Washington, EUA.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала