Maduro anuncia que vacina da China chega nos próximos dias à Venezuela

© AFP 2022 / Marcelo GarciaPresidente da Venezuela, Nicolás Maduro durante anúncio transmitido em rede nacional, Caracas, 13 de setembro de 2020
Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro durante anúncio transmitido em rede nacional, Caracas, 13 de setembro de 2020  - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou neste domingo (11) que chega ao país nos próximos dias a vacina chinesa contra a COVID-19.

O projeto faz parte da terceira fase experimental do medicamento, que será testado nos cidadãos venezuelanos.

"Nos próximos dias, a Venezuela receberá a vacina chinesa, como parte dos testes experimentais", disse Maduro por meio do canal estatal Venezolana de Televisión.

O chefe de estado também lembrou que a vacina russa Sputnik V já está no país para que dois mil cidadãos participem da fase três dos testes clínicos.

Todos os cálculos apontam para a possibilidade de que no segundo trimestre de 2021 comecemos a vacinação em massa, totalmente gratuita, para toda a população. Vamos combinar os melhores cuidados e tratamentos para proteger a vida dos venezuelanos.

​Segundo Maduro, assim que for aprovada qualquer uma das vacinas, elas serão distribuídas gratuitamente.

Quarentena

A partir desta segunda-feira (12), a Venezuela entra em quarentena radical, conforme comunicado do presidente. Sobre a possibilidade de uma flexibilização definitiva do isolamento social, Maduro acha improvável que aconteça antes do mês de dezembro.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала