Engarrafamento de cruzeiros? Turquia presencia curioso efeito da pandemia (FOTO, VÍDEO)

© REUTERS / Umit Bektas Cruzeiros passam por processo de desmantelamento no porto de Aliaga, na Turquia
Cruzeiros passam por processo de desmantelamento no porto de Aliaga, na Turquia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Uma associação de industriais de reciclagem de navios prevê que o volume de ferro aumente para 1,1 milhão de toneladas até o fim deste ano, em comparação com 700 mil em 2019.

Enormes cruzeiros atracados na cidade turca de Aliaga estão sendo desmantelados para serem vendidos como sucata, depois que a pandemia do coronavírus praticamente destruiu este setor turístico.

O presidente de uma associação de industriais de reciclagem de navios, Jamil Onal, explicou à agência Reuters que, antes do vírus se espalhar pelo planeta, os estaleiros turcos costumavam desmantelar navios de carga.

"Porém, depois da pandemia, os cruzeiros mudaram de rumo em direção a Aliaga de uma maneira muito significativa", indicou. "Houve um crescimento no setor devido à crise. Quando os barcos não podem encontrar passageiros, recorrem ao desmantelamento".

Veja: Com viagens de cruzeiro suspensas em todo o mundo, muitas embarcações estão sendo ancoradas em Aliaga, na Turquia, para serem desmanteladas por sucata metálica.

O especialista precisou que 2.500 pessoas, divididas em equipes, trabalham no estaleiro, levando em torno de seis meses para desmantelar por completo uma embarcação de passageiros, revelando que a maioria destes navios procedem do Reino Unido, Itália e EUA.

Onal manifestou que, segundo a previsão, o volume de ferro desmantelado vai aumentar para 1,1 milhão de toneladas até o final do ano, em comparação com 700 mil toneladas em 2019.

© REUTERS / Umit Bektas Cruzeiros ancorados no porto turco de Aliaga
Engarrafamento de cruzeiros? Turquia presencia curioso efeito da pandemia (FOTO, VÍDEO) - Sputnik Brasil
Cruzeiros ancorados no porto turco de Aliaga

"Estamos buscando converter a crise em oportunidade", disse, agregando que até os acessórios não metálicos dos cruzeiros não são desperdiçados, já que hotéis mostram interesse em os adquirir.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала