Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Lava Jato 'não tem finalidade' para governo, mas continua em estados e municípios, diz Bolsonaro

© AP Photo / Eraldo PeresPresidente do Brasil, Jair Bolsonaro, durante cerimônia no Ministério de Minas e Energia, Brasília, 28 de setembro de 2020
Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, durante cerimônia no Ministério de Minas e Energia, Brasília, 28 de setembro de 2020 - Sputnik Brasil
Nos siga no
O presidente Jair Bolsonaro tentou explicar nesta quinta-feira (8) a declaração de que teria acabado com a operação Lava Jato porque não havia mais corrupção em seu governo. 

Em transmissão ao vivo em suas redes sociais, o presidente criticou a "hipocrisia de muita gente" e afirmou que a operação não tem mais "finalidade" no governo federal, onde não "temos notícias de corrupção", mas continua em estados e municípios. 

"Impressionante a hipocrisia de muita gente e de grande parte da imprensa. Para o meu governo não tem mais Lava Jato, não temos notícias de corrupção. Então para nós a Lava Jato não tem finalidade, graças a Deus. Agora, para os demais órgãos do Brasil, estados e municípios, vai continuar", disse o presidente durante sua live semanal.

Na quarta-feira (7), durante a cerimônia de lançamento do programa Voo Simples, no Palácio do Planalto, em Brasília, Bolsonaro disse que acabou com a Lava Jato "porque não tem mais corrupção no governo". 

"É um orgulho, uma satisfação que eu tenho de dizer a essa imprensa maravilhosa nossa, que eu não quero acabar com a Lava Jato... Eu acabei com a Lava Jato, porque não tem mais corrupção no governo", disse o presidente. 

A prerrogativa de encerrar a Lava Jato não é do Poder Executivo, mas da PGR (Procuradoria-Geral da República (PGR).

'Dor de cotovelo'

Na transmissão ao vivo, ele afirmou também que novas operações no âmbito da Lava Jato são deflagradas "quase diariamente". O presidente afirmou também que alguns governadores já receberam "três visitas da Polícia Federal".

Além disso, afirmou que quem criticou sua fala sobre a Lava Jato tinha "dor de cotovelo" ou era "desinformado". 

"O pessoal fala que estou acabando com a Lava Jato... Quem fala isso daí ou é desinformado, ou está de má-fé, ou está com dor de cotovelo. Um ano e dez meses sem corrupção em nosso governo", disse. 
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала