Prova definitiva? Sonar de barco teria detectado monstro do lago Ness

CC0 / GregMontani/Pixabay / Monstro do lago NessMonstro do lago Ness (apresentação artística)
Monstro do lago Ness (apresentação artística) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Caçador do mítico monstro que viveria em lago escocês afirma que esta é "a evidência mais convincente até agora" de que a criatura existe mesmo.

Uma embarcação de passeio teria registrado uma nova aparição do lendário monstro que viveria no lago Ness, na Escócia. Ronald Mackenzie, 49 anos, diretor da empresa de passeios de barcos Cruise Loch, afirma que o sonar do barco, dispositivo que emite ondas sonoras para localizar a posição de objetos submersos, registrou a presença da criatura.

"Ficava bem no meio do lago, a cerca de 170 metros de profundidade. Era grande, com pelo menos dez metros [de comprimento]. O contato durou dez segundos enquanto passávamos", relembra Mackenzie ao tabloide Express.

Monstro do lago Ness "capturado pelo sonar" em "evidências mais convincentes até agora"

"Estou [trabalhando] no lago desde os 16 anos e nunca vi nada parecido [...]. Temos um sonar de última geração no novo barco. Não mente. Ele captura o que está lá", acrescenta.

O especialista em sonar Craig Wallace afirmou ao tabloide que a imagem era "100% genuína […]. Eu acredito que o esturjão grande entra no lago Ness. Pode ser um esturjão ou um pequeno cardume […]. Mas é certamente um contato fascinante e interessante e, sem dúvida, contribui ainda mais para o debate sobre [o monstro] Nessie".

O monstro do lago Ness é, para muitos, uma lenda urbana. A criatura teria sido avistada pela primeira vez em 565. Quase 1.500 anos depois, a lenda continua viva, aportando à economia nacional a cada ano dezenas de milhões de libras.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала