Boris Johnson diz que estava 'muito gordo' e sobrepeso agravou COVID-19

© AP Photo / Matt DunhamPrimeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson
Primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, disse nesta terça-feira (6) que estava "muito gordo" quando contraiu a COVID-19 e o sobrepeso fez com que a doença se tornasse mais grave.

Johnson deu a declaração durante um discurso on-line para uma conferência de seu partido.

"Tenho de admitir que a razão pela qual tive uma experiência tão desagradável com a doença é que, embora estivesse superficialmente no auge da saúde quando a peguei, tinha uma doença subjacente muito comum - meus amigos, eu era muito gordo", disse Johnson.

Segundo uma reportagem publicada pela agência Reuters, o primeiro-ministro disse que está de dieta e já emagreceu 11 quilos.

"E, desde então, perdi 11 quilos [...] e vou continuar essa dieta", completou o primeiro-ministro.

Boris Johnson teve teste positivo da COVID-19 no dia 27 de março após apresentar sintomas leves da doença e realizar o teste no dia anterior.

Com a piora do quadro clínico, ele foi transferido para uma unidade de terapia intensiva.

Johnson chegou a declarar que seus médicos até prepararam um possível anúncio da sua morte quando ele estava hospitalizado.

No dia 25 de abril foi anunciada a recuperação total do primeiro-ministro e Johnson pôde retornar às suas funções.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала