'Não temam a COVID-19', diz Trump ao anunciar que sairá hoje do hospital

© AP Photo / Evan VucciEm Morrisville, nos EUA, o presidente norte-americano Donald Trump, usa máscara durante visita ao Centro de Inovação e Bioprocessamento na empresa Fujifilm Diosynth Biotecnologia, em 27 de julho de 2020
Em Morrisville, nos EUA, o presidente norte-americano Donald Trump, usa máscara durante visita ao Centro de Inovação e Bioprocessamento na empresa Fujifilm Diosynth Biotecnologia, em 27 de julho de 2020 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Nesta segunda-feira (5), o presidente norte-americano, Donald Trump, disse que sairá ainda hoje do hospital em que foi internado para o tratamento da COVID-19.

Trump, que usou as redes sociais para anunciar que deixará o hospital, afirmou também que se sente muito bem e pregou ao público que não tema a COVID-19.

​Deixarei o grande Centro Médico Walter Reed hoje às 18h30 [19h30 no horário de Brasília]. Me sinto muito bem! Não temam a COVID-19. Não deixe isso dominar sua vida. Nós desenvolvemos, sob a administração Trump, medicamentos e conhecimento realmente bons. Me sinto melhor do que 20 anos atrás!

Donald Trump e sua esposa, Melania Trump, anunciaram que testaram positivo para a COVID-19 na sexta-feira (2). No mesmo dia, Trump foi levado da Casa Branca de helicóptero até o Centro Médico Walter Reed, um hospital militar.

© REUTERS / Joshua RobertsEm Bethesda, no estado norte-americano de Maryland, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, desembarca de um helicóptero da Marinha a caminho do Hospital Militar Nacional de Walter Reed, para receber tratamento contra a COVID-19, em 2 de outubro de 2020
'Não temam a COVID-19', diz Trump ao anunciar que sairá hoje do hospital - Sputnik Brasil
Em Bethesda, no estado norte-americano de Maryland, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, desembarca de um helicóptero da Marinha a caminho do Hospital Militar Nacional de Walter Reed, para receber tratamento contra a COVID-19, em 2 de outubro de 2020

Apesar dos primeiros anúncios do médico da Casa Branca, Sean Conley, mais tarde foi confirmado que o presidente norte-americano precisou de oxigênio suplementar na sexta-feira (2), quando foi levado ao hospital. A queda no oxigênio teria ocorrido novamente nos dias seguintes, apesar de não ter sido necessário o uso de oxigênio novamente, segundo afirmou Conley durante uma coletiva de imprensa no domingo (4), quando também foi dada uma previsão de alta para o presidente para esta segunda-feira (5).

Durante os dias de internação, o estado de saúde de Donald Trump foi motivo de especulação na imprensa norte-americana. O jornal The New York Times revelou antes da equipe médica da Casa Branca que o presidente precisou de oxigênio e que tinha um quadro preocupante. Segundo publicou a CNN, Trump teria se sentido "irritado" diante da especulação sobre sua saúde na mídia.

© REUTERS / Cheriss MayPresidente dos EUA, Donald Trump, acena para apoiadores do lado de fora de hospital em que está internado com COVID-19
'Não temam a COVID-19', diz Trump ao anunciar que sairá hoje do hospital - Sputnik Brasil
Presidente dos EUA, Donald Trump, acena para apoiadores do lado de fora de hospital em que está internado com COVID-19

O diagnóstico de Trump surge a poucas semanas das eleições presidenciais norte-americanas, marcadas desde o início da corrida eleitoral pela situação da pandemia da COVID-19 nos EUA e por críticas à atitude do presidente diante da emergência sanitária.

Segundo os dados da Universidade Johns Hopkins, os EUA são o país mais afetado pela COVID-19, com cerca de 7,4 milhões de casos confirmados do novo coronavírus e quase 210 mil mortes causadas pela doença.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала