Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Marinha russa monitora destróier britânico no mar Negro

© Sputnik / Igor Mikhalev / Abrir o banco de imagensAdmiral Golovko da frota russa do mar Negro
Admiral Golovko da frota russa do mar Negro - Sputnik Brasil
Nos siga no
O destróier Dragon HSM da Marinha Real britânica entrou no mar Negro no domingo (4), reportou o Centro Nacional de Gestão de Defesa do Ministério da Defesa da Federação da Rússia.

As forças da Frota do Mar Negro da Rússia começaram desde cedo a monitorar a embarcação estrangeira. É essencial acrescentar que as Forças Armadas russas constataram que, desde meados de setembro deste ano, embarcações da OTAN passaram a permanecer por mais tempo no mar Negro do que no ano de 2019.

Deste modo, o chefe do departamento operacional do Estado-Maior das Forças Armadas da Rússia, coronel-general Sergei Rudskoy, informou que, na verdade, a quantidade de entradas continua elevado, e o período de estadia das embarcações da OTAN no mar Negro teve um aumento de 33%.
© AFP 2021 / DANIEL MIHAILESCUNavios militares da OTAN durante exercícios navais no mar Negro perto do porto romeno de Constanta
Marinha russa monitora destróier britânico no mar Negro - Sputnik Brasil
Navios militares da OTAN durante exercícios navais no mar Negro perto do porto romeno de Constanta

Contudo, a lista de preocupações do coronel-general e das Forças Armadas russas não termina tão rápido assim. Rudskoy afirmou que até 40% das embarcações da OTAN que entram no mar Negro carregam armas de precisão de longo alcance.

Segundo Rudskoy, a OTAN tem intensificado não só suas forças navais no mar Negro, mas também a aviação estratégica e os meios de reconhecimento aéreo e marítimo.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала