Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Baku relata ataque armênio a seus povoados na linha de contato em Nagorno-Karabakh, Erevan nega

© Sputnik / Abrir o banco de imagensConsequências do bombardeio de Stepanakert, capital da república não reconhecida de Nagorno-Karabakh (foto de arquivo)
Consequências do bombardeio de Stepanakert, capital da república não reconhecida de Nagorno-Karabakh (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga no
Ministério da Defesa do Azerbaijão relata bombardeio de vários povoados pelas Forças Armadas da Armênia na linha de contato em Nagorno-Karabakh.

"Atualmente, a cidade de Horadiz, localizada no distrito de Fizuli […], a cidade de Tartar e povoados deste distrito [...] estão sendo bombardeados pelas Forças Armadas armênias. Estão sendo tomadas medidas adequadas contra o inimigo", segundo comunicado do Ministério da Defesa azeri.

Defesa do Azerbaijão declarou ainda nesta segunda-feira (5) que Armênia realizou bombardeio contra cidade de Ganja a partir de território armênio.

"Cidade de Ganja está sendo bombardeada a partir do distrito armênio de Berd", lê-se em comunicado.

Após alegações de Baku sobre bombardeio contra cidade azeri de Ganja, Shushan Stepanyan a porta-voz do Ministério da Defesa da Armênia declarou que Forças Armadas armênias não conduzem ataques contra o território do Azerbaijão.

"Não é a primeira vez que círculos de oficiais do Azerbaijão divulgam informações incorretas alegando ataques do território da Armênia contra um ou outro povoado do Azerbaijão. O objetivo destes fluxos de informações falsas é esconder suas próprias intenções", escreveu a porta-voz em sua página no Facebook.

Por outro lado, o Ministério da Defesa da Armênia informou que Azerbaijão conduz ataques contra a capital da república não reconhecida – Stepanakert.

Explosões ocorreram perto do centro da cidade. Foram disparados, entre outras armas, lançadores múltiplos de foguetes.

Além disso, o Serviço de Segurança Nacional da Armênia declarou na noite do domingo (4) que vários cidadãos estrangeiros foram detidos no país sob suspeitas de espionagem.

© AP Photo / Ministério da Defesa do Azerbaijão Disparo de artilha na região contestada de Nagorno-Karabakh (foto de arquivo)
Baku relata ataque armênio a seus povoados na linha de contato em Nagorno-Karabakh, Erevan nega - Sputnik Brasil
Disparo de artilha na região contestada de Nagorno-Karabakh (foto de arquivo)

O serviço informou que as detenções estariam relacionadas aos recentes conflitos com o Azerbaijão em Nagorno-Karabakh.

Os confrontos eclodiram em Nagorno-Karabakh no domingo (27) e já deixaram centenas de mortos e feridos. Rússia, França e Estados Unidos estão entre os países que pediram o fim imediato das hostilidades na região.

A linha de contato divide as forças armênias (o Exército de Defesa de Nagorno-Karabakh) e as Forças Armadas do Azerbaijão. Ela foi formada após o cessar-fogo de maio de 1994, que terminou com a guerra de 1988-1994 entre os dois países.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала