- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Brasil ultrapassa marca de 145 mil mortos em consequência da COVID-19

© Folhapress / Lalo de AlmeidaSepultadores carregam caixão com vitima da COVID-19 no cemitério da Vila Formosa, na zona leste de São Paulo.
Sepultadores carregam caixão com vitima da COVID-19 no cemitério da Vila Formosa, na zona leste de São Paulo. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Brasil bateu a marca de 145 mil mortes em consequência do novo coronavírus, informou o Ministério da Saúde nesta sexta-feira (2).

Nas últimas 24 horas, 708 pessoas morreram em consequência das complicações da COVID-19, totalizando 145.388 óbitos no país desde o início da pandemia. Na quinta-feira (1º), o total de vítimas fatais do coronavírus era de 144.680. Outros 2.424 óbitos ainda estão em investigação.

Os dados foram publicados na atualização diária do Ministério da Saúde, divulgados pela pasta no início da noite desta sexta-feira (2). O órgão consolida informações enviadas pelas secretarias estaduais de saúde de todo o país.

Segundo a pasta, o total de casos de COVID-19 atingiu a cifra de 4.880.523. Nas últimas 24 horas, as secretarias de saúde acrescentaram às estatísticas 33.431 novos diagnósticos positivos da doença. Na quinta-feira (1º), o painel do Ministério da Saúde marcava 4.847.092 casos desde o início da pandemia.

Ainda há 502.542 casos em acompanhamento. De acordo com o Ministério da Saúde, outras 4.232.593 pessoas já se recuperaram da doença.

Os estados com mais mortes são São Paulo (35.956), Rio de Janeiro (18.665), Ceará (9.047), Pernambuco (8.299) e Minas Gerais (7.502). As Unidades da Federação com menos óbitos são Roraima (659), Acre (664), Amapá (713), Tocantins (957) e Mato Grosso do Sul (1.326).

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала