Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Após diminuição de casos, Havana suspende toque de recolher imposto contra a COVID-19

© AP Photo / Ramon EspinosaEm Havana, Cuba, uma mulher acompanha uma criança que anda de bicicleta enquanto ambos usam máscaras de proteção devido à pandemia da COVID-19, em 3 de julho de 2020.
Em Havana, Cuba, uma mulher acompanha uma criança que anda de bicicleta enquanto ambos usam máscaras de proteção devido à pandemia da COVID-19, em 3 de julho de 2020. - Sputnik Brasil
Nos siga no
O governador da capital cubana, Havana, Reinaldo García Zapata, anunciou na quarta-feira (30) a suspensão do toque de recolher imposto na cidade para conter a pandemia do novo coronavírus.

No final de agosto, as autoridades da cidade introduziram um toque de recolher em Havana previsto para durar entre 1º e 15 de setembro. Mais tarde, o toque de recolher foi estendido até o final de setembro.

"Foram retiradas a proibição de circulação de pessoas e veículos à noite, as restrições à circulação de transportes públicos e privados, bem como as restrições à circulação entre municípios aos vendedores ambulantes", disse o governador conforme publicado pela agência de notícias Prensa Latina.

De acordo com García, as restrições impostas em setembro impactaram positivamente a situação epidemiológica do país com a diminuição do número de novos casos de COVID-19 e também com a queda no número de mortes causadas pela doença.

© REUTERS / Alexandre MeneghiniEm Havana, Cuba, um policial organiza uma fila para compra de comida em meio às medidas sanitárias devido à pandemia da COVID-19, em 1º de setembro de 2020.
Após diminuição de casos, Havana suspende toque de recolher imposto contra a COVID-19 - Sputnik Brasil
Em Havana, Cuba, um policial organiza uma fila para compra de comida em meio às medidas sanitárias devido à pandemia da COVID-19, em 1º de setembro de 2020.

O governador de Havana disse que a partir da quinta-feira (1º) serão permitidas algumas atividades comerciais, bem como serviços públicos e privados. Os moradores de Havana poderão visitar praias e piscinas, além de fazer compras nos bairros vizinhos. O transporte público voltará a operar em Havana a partir do sábado (3). Apesar disso, bares e clubes permanecerão fechados e o trânsito entre Havana e outras províncias será permitido apenas em casos extraordinários.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou a pandemia da COVID-19 em 11 de março e desde então mais de 33,8 milhões de pessoas foram infectadas com o novo coronavírus em todo o mundo, com mais de um milhão de mortes, de acordo com os dados da Universidade Johns Hopkins. Ainda segundo a universidade, Cuba confirmou 5.597 casos do novo coronavírus até agora, com 122 mortes causadas pela doença.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала