Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Cápsula do tempo de 150 anos é encontrada em sinagoga no Reino Unido (FOTOS)

Nos siga no
Na sinagoga mais antiga de Manchester, foi encontrado um frasco de vidro escondido há 150 anos, com vários objetos dentro.

O trabalho de renovação realizado no Museu Judaico de Manchester, Reino Unido, o único no país fora de Londres, originou recentemente uma intrigante descoberta: um frasco de vidro com documentos e moedas escondido em uma cavidade da parede há cerca de um século e meio, relata o jornal The Guardian.

Segundo o jornal, o frasco de vidro com selo de cera ainda intacto foi encontrado ao lado da Arca do Museu, "a câmara que contém os pergaminhos da Torá", e estava "cheio de documentos da sinagoga, jornais e algumas moedas antigas".

"Estávamos tomando cuidado extra para remover a placa, mas nunca imaginávamos que encontraríamos algo ainda intacto tão antigo quanto o edifício", disse Adam Brown, o gerente do prédio.

"Isso criou muita excitação ao redor do local. Era óbvio que muito tempo e esforço haviam sido gastos há todos aqueles anos para colocar a cápsula. Encontrá-la em perfeitas condições pareceu realmente gratificante".

​Obrigado Manchester Evening News e Adam Maidment por cobrirem a grande descoberta do Museu Judaico de Manchester de uma cápsula do tempo escondida nas paredes da antiga sinagoga

O museu ocupa um prédio que o jornal descreve como "a mais antiga sinagoga sobrevivente em Manchester", concluída em 1874. No entanto, a população judaica local saiu da área nos anos 1970, tornando o local redundante. Apesar disso, o prédio recebeu "um novo alento em forma do Museu Judaico de Manchester em 1984".

​Construtores do enorme projeto de restauração e extensão do Museu Judaico de Manchester fizeram uma descoberta notável

"Estamos emocionados e maravilhados com a descoberta [da cápsula] e ansiosos para expô-la no novo museu na próxima primavera", disse Max Dunbar, o chefe executivo do museu.

Dunbar também acrescentou que a "descoberta oportuna" da cápsula vem em "um período simbólico, quando milhões de judeus ao redor do mundo se preparam para o dia mais sagrado do calendário judaico, o Dia do Perdão [Yom Kipur, em hebraico], uma época do ano de reflexão, quando muitos observadores olham para trás [no tempo] como um meio de avançar".

Está previsto que a renovação do Museu Judaico de Manchester aumente o número de visitantes anuais de 10.000 para 40.000 como resultado da integração de um mapa de rua interativo do histórico bairro judeu da cidade, junto com uma variedade de exposições, incluindo uma tábua de lavar russa usada como taco de críquete, e os pertences de um sobrevivente do Holocausto, que passou a Segunda Guerra Mundial escondido em um porão de carvão.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала