Atividades militares de OTAN e EUA aumentam a 20 km da fronteira russa, diz chefe do Estado-Maior

© Sputnik / Aleksei Vitvitsky / Abrir o banco de imagensA cúpula da OTAN em Varsóvia
A cúpula da OTAN em Varsóvia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Ultimamente tem sido registrado um aumento de atividades militares dos EUA e da OTAN a 20-30 km da fronteira russa, declarou o chefe do Estado-Maior das Forças Armadas da Rússia, general Valery Gerasimov.

"Tendo isso em consideração, a afirmação da OTAN sobre o aumento da agressividade por parte da Rússia é falsa", notou Gerasimov após conclusão do exercício militar Cáucaso (Kavkaz) 2020.

Em particular, o militar russo relembrou sobre os voos de aviões estrangeiros e a presença de forças navais da OTAN nos mares de Barents, Báltico e Negro.

Como referiu, por sua vez, o primeiro vice-chefe do Estado-Maior da Rússia, o tempo de presença dos navios de guerra da OTAN no mar Negro aumentou em 30% em comparação ao ano passado.

© AFP 2022 / Daniel MihailescuNavios militares da OTAN durante exercícios navais no mar Negro perto do porto romeno de Constanta
Atividades militares de OTAN e EUA aumentam a 20 km da fronteira russa, diz chefe do Estado-Maior - Sputnik Brasil
Navios militares da OTAN durante exercícios navais no mar Negro perto do porto romeno de Constanta

Além disso, a Aliança Atlântica incrementou a intensidade da atividade não só das forças navais, como também da aviação estratégica e dos meios de reconhecimento aéreo e marítimo, notou.

Nesta quinta-feira (24), um caça russo Su-27 do Distrito Militar Ocidental foi acionado após detectar um bombardeiro estratégico B-52H dos EUA sobre o território da Polônia se aproximando da fronteira russa.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала