Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Agentes dos EUA interceptam pacote com veneno enviado para Trump

© REUTERS / Tom BrennerPresidente dos EUA, Donald Trump, discursa em comício em Minnesota
Presidente dos EUA, Donald Trump, discursa em comício em Minnesota - Sputnik Brasil
Nos siga no
Agentes das forças de segurança dos Estados Unidos interceptaram um pacote enviado ao presidente norte-americano, Donald Trump, contendo o veneno ricina. 

Segundo a rede CNN, que cita dois oficiais estadunidenses, o pacote foi enviado no início dessa semana para o chefe de Estado, mas acabou sendo detectado pelas autoridades. Todo o correio encaminhado à Casa Branca passa por um procedimento de verificação e segurança antes de chegar ao seu destino.

Dois exames foram realizados para comprovar que a substância era a ricina, uma proteína presente nas sementes da mamona e considerada muito tóxica. 

Se ingerida, a ricina pode causar náuseas, vômitos e sangramento do estômago e intestinos, que levam à insuficiência hepática, do baço e dos rins, causando a morte por colapso do sistema circulatório. A substância pode produzir armas biológicas e frequentemente é utilizada em atos terroristas. 

Origem de carta seria o Canadá

O FBI e o Serviço Secreto dos Estados Unidos abriram uma investigação sobre o caso. Questionado sobre o ocorrido, o FBI disse que a agência estava apurando, ao lado do Serviço Postal dos EUA e do Serviço Secreto, "uma carta suspeita recebida em uma instalação de correio do governo dos Estados Unidos".

"No momento, não há nenhuma ameaça à segurança pública", acrescentou a agência. 

O envelope teria como origem o Canadá e foi interceptado em um centro de postagem do governo, antes de chegar à Casa Branca, que não fez comentários sobre o assunto. 

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала