Coreia do Norte trabalha para elevar capacidades de seus mísseis, segundo oficial dos EUA

© REUTERS / KCNA/via REUTERS Imagem do Hwasong-14, míssil que a Coreia do Norte afirma ser de longo alcance (intercontinental), em teste realizado em 4 de julho de 2017
Imagem do Hwasong-14, míssil que a Coreia do Norte afirma ser de longo alcance (intercontinental), em teste realizado em 4 de julho de 2017 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Coreia do Norte continua construindo mísseis de longo alcance, incluindo um míssil balístico lançado por submarino, segundo oficial de defesa dos EUA.

"Nós não sabemos qual é o risco, pois sabemos que a Coreia do Norte está tentando elevar as capacidades de seus mísseis balísticos intercontinentais, talvez até mesmo um míssil balístico lançado por submarino, mas não sabemos a extensão disso", afirmou Rob Soofer, vice-assistente do secretário de defesa para política nuclear e defesa de míssil.

De acordo com o oficial, o episódio ocorre depois de a Coreia do Sul informar que os norte-coreanos poderiam revelar um novo míssil balístico intercontinental ou um míssil balístico lançado a partir de submarino durante a comemoração do 75º aniversário do Partido dos Trabalhadores.

© Foto / Rodong SinmunTeste do míssil balístico de curto alcance KN-25 do Exército Popular da Coreia no Norte, com alcance de 380 km (foto de arquivo)
Coreia do Norte trabalha para elevar capacidades de seus mísseis, segundo oficial dos EUA - Sputnik Brasil
Teste do míssil balístico de curto alcance KN-25 do Exército Popular da Coreia no Norte, com alcance de 380 km (foto de arquivo)

Apesar disso, o oficial norte-americano afirma que os EUA são capazes de conter as ameaças norte-coreanas, conforme o The Korea Times. 

"Nós realizaremos um teste antes do final do ano, isso está em andamento, então surge uma maneira para integrar dentro de nossa defesa [...]. E se funcionar agora, temos a capacidade de lidar com a ameaça norte-coreana", garantiu Soofer.

Um relatório recentemente apresentado por um painel independente de 15 especialistas do Comitê de Sanções do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas sobre a Coreia do Norte afirmou que Pyongyang estaria violando sanções e provavelmente desenvolvendo dispositivos nucleares em miniatura que podem ser acoplados a ogivas de mísseis balísticos.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала