Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Abu Dhabi cancela reunião com Israel após Netanyahu se opor à venda de F-35, diz site

© AFP 2021 / MOHAMMED AL-HAMMADIAutoridades dos Emirados Árabes Unidos (foto de arquivo)
Autoridades dos Emirados Árabes Unidos (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga no
Embora Israel e Emirados Árabes Unidos tenham fechado acordo de normalização das relações diplomáticas, país árabe teria se recusado a comparecer a encontro oficial com autoridades de Israel e EUA.

A razão do cancelamento teria como fundo a preocupação do premiê israelense, Benjamin Netanyahu, de seu país perder vantagem tecnológico-militar na região se os EUA venderem ao país árabe caças F-35.

Desta forma, Netanyahu teria ido contra a venda do equipamento militar aos Emirados Árabes Unidos, provocando insatisfação em Abu Dhabi, publicou o site de notícias israelense Walla.

Enquanto isso, os EUA têm negociado a venda de equipamentos de defesa para os EAU, processo iniciado antes das conversações sobre a normalização das relações entre dois os países do Oriente Médio.

"Nós temos mais de 20 anos de relação em segurança com os Emirados Árabes Unidos. Nós lhes provemos assistência técnica e militar e continuaremos agora revendo tal processo", publicou o jornal The Times of Israel, citando recente fala do secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, a jornalistas em Jerusalém.

Recentemente, em visita a Israel, Pompeo assegurou o apoio dos EUA a Israel garantindo a este fornecimento de tecnologia militar para manutenção de suas vantagens em defesa no Oriente Médio.

Atualmente, os Emirados Árabes Unidos são o terceiro país árabe a possuir relações diplomáticas oficiais com Israel.

Contudo, o atual desentendimento entre ambas as partes poderia ser a primeira prova para o início da normalização das relações.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала