Teerã afirma que combustível apreendido pelos EUA pertence à Venezuela

© Sputnik / Marco TeruggiBoas-vindas ao petroleiro iraniano Fortune na refinaria El Palito, na Venezuela
Boas-vindas ao petroleiro iraniano Fortune na refinaria El Palito, na Venezuela - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O combustível que foi recentemente apreendido pelos EUA pertence à Venezuela, não ao Irã, afirmou ministro do país persa.

"Nenhuma das embarcações ou cargas pertence ao Irã. A carga inclui gasolina que foi vendida pelo Irã para a Venezuela. Os EUA não apreenderam bens do Irã, mas, sim, da Venezuela", afirmou o ministro iraniano do Petróleo, Bijan Zanganeh, nesta terça-feira (18), citado pelo canal IRIB.

Na última sexta-feira (14), os EUA anunciaram ter confiscado "um carregamento de combustível de milhões de dólares" pertencente ao Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica, transportado em quatro navios-tanque da Venezuela.

Os Estados Unidos não especificaram quando teria ocorrido "a maior apreensão de um carregamento de petróleo do Irã".

O ministro das Relações Exteriores do Irã, Mohammed Javad Zarif, negou as alegações de que o combustível pertenceria ao país, afirmando que os navios envolvidos no que foi descrito como ato de "pirataria" não eram de bandeira iraniana.

Anteriormente, o presidente Hassan Rouhani acusou os EUA de tentarem encobrir a "vergonha e humilhação" da derrota de sua resolução no Conselho de Segurança da ONU sobre a extensão do embargo de armas contra o país persa.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала