Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Após fogo cruzado na Faixa de Gaza, Israel fecha zona de pesca do território palestino

© AP Photo / Khalil HamraGaroto palestino observa danos causados em sua casa por ataques aéreos de Israel contra a Faixa de Gaza
Garoto palestino observa danos causados em sua casa por ataques aéreos de Israel contra a Faixa de Gaza - Sputnik Brasil
Nos siga no
Israel fechou neste domingo (16) a zona de pesca da Faixa de Gaza após as Forças Armadas do país lançarem ataques contra o território palestino. 

A região vive uma crescente escalada de tensão. Nas últimas horas houve um fogo cruzado entre os dois lados em conflito.

O ministro da Defesa de Israel, Benny Gantz, ordenou o fechamento da zona de pesca de Gaza até novo aviso. Após participar de reunião com autoridades militares, ele disse, segundo a agência AP, que Israel "responderá energicamente a qualquer violação de soberania até que a calma completa seja restaurada no sul". 

"Se Sderot não estiver calmo, Gaza também não estará", sentenciou. 

Em resposta ao lançamento de balões carregados com explosivos, as Forças de Defesa de Israel realizaram ataques aéreos contra alvos do grupo Hamas. Em retaliação, dois foguetes foram disparados de Gaza contra o sul do território israelense. 

O Exército de Israel informou que os dois foguetes foram interceptados pelo sistema de defesa aérea Cúpula de Ferro. A polícia, no entanto, disse que a queda causou danos em uma casa na cidade de Sderot. Um homem de 58 anos ficou levemente ferido por vidros estilhaçados. 

Palestinos ficam feridos na fronteira

Além disso, Israel afirmou que dezenas de manifestantes palestinos tentaram jogar explosivos nas proximidades da cerca que separa o país do território palestino. Segundo o Ministério da Saúde de Gaza, dois palestinos ficaram feridos por tiros de soldados israelenses. 

Segundo o governo israelense, o Hamas é responsável pelos ataques que partem de Gaza. Os palestinos, por sua vez, denunciam o bloqueio, a ocupação israelense do território e os planos recentes de anexação por parte de Israel.

Além disso, grupos palestinos protestam contra os Emirados Árabes Unidos por ter assinado acordo com Israel. 

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала