- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Polícia Federal realiza grande operação de buscas no Piauí

© Folhapress / FotoarenaPoliciais federais durante operação (foto de arquivo)
Policiais federais durante operação (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A operação da Polícia Federal investiga desvios de recursos do PNATE e do Fundeb em contratos com valores superfaturados de transporte escolar.

Nesta segunda-feira (27), a Polícia Federal realizou buscas na casa e em empresas do governador do Piauí, Wellington Dias (PT). Além do político, buscas ocorreram na casa do irmão da deputada federal e ex-secretária de educação estatal, a primeira-dama Rejane Dias (PT), informa o portal G1.

A sede da Secretaria Estadual de Educação (Seduc) também foi alvo da operação para avaliar a suspeita de um esquema elaborado para fraudar licitações destinadas ao transporte escolar.

Segundo a Polícia Federal, haveria uma associação entre servidores públicos e empresários para superfaturar estas licitações. Contudo, ainda não se esclareceu quais suspeitas recaem sobre o governador do estado ou sobre os irmãos de Rejane Dias. A Seduc declarou em nota que está colaborando com a operação federal.

Trata-se da terceira fase da Operação Topique, iniciada ainda em 2018. Os mandados da PF foram cumpridos em endereços tanto em Brasília como em Teresina.

O governo do estado continuou concedendo novos contratos para as empresas suspeitas, ainda que a segunda fase da investigação já tivesse iniciado, segundo a Polícia Federal.

© Folhapress / Geraldo Bubniak/AGBViatura da Polícia Federal (imagem referencial)
Polícia Federal realiza grande operação de buscas no Piauí - Sputnik Brasil
Viatura da Polícia Federal (imagem referencial)

Os servidores teriam se associado a empresários locais do setor de transporte, desviando um valor não inferior a R$ 50 milhões do Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar (PNATE) e do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb).

Como resultado dos desvios através das licitações superfaturadas, os estudantes do Piauí receberam um transporte escolar sem segurança e qualidade.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала