Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Bolsonaro deve refletir após testar positivo para COVID-19, diz ex-ministro Mandetta

© Folhapress / Pedro LadeiraPresidente Jair Bolsonaro em coletiva ao lado do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta
Presidente Jair Bolsonaro em coletiva ao lado do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta - Sputnik Brasil
Nos siga no
O ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta afirmou que o presidente Jair Bolsonaro pode aproveitar a oportunidade para "refletir" depois de pegar o novo coronavírus, causador da pandemia que o mandatário seguidas vezes menosprezou.

Mandetta disse à Globonews que espera que o presidente se recupere e que ele tenha apenas sintomas leves, além de "refletir sobre as pessoas que não têm acesso a uma ressonância magnética no primeiro dia, a um médico particular [...] para fazer as reflexões necessárias" a fim de evitar outros casos.

O ex-ministro deixou o cargo em abril, após inúmeras tensões sobre sua maneira de lidar com a crise da saúde, especialmente por sua defesa de medidas de isolamento social, sempre questionadas por Bolsonaro.

Para Mandetta, a confirmação do contágio de Bolsonaro é uma prova de que a doença está passando por uma transmissão "extremamente ativa", principalmente na região de Brasília, onde os casos aumentaram acentuadamente nas últimas semanas.

© REUTERS / Adriano MachadoJair Bolsonaro come cachorro quente em Brasília durante pandemia de coronavírus. Foto de 23 de maio de 2020.
Bolsonaro deve refletir após testar positivo para COVID-19, diz ex-ministro Mandetta - Sputnik Brasil
Jair Bolsonaro come cachorro quente em Brasília durante pandemia de coronavírus. Foto de 23 de maio de 2020.

O ex-ministro também questionou o uso da hidroxicloroquina no tratamento da doença, depois de Bolsonaro ter dito que já tomou os primeiros comprimidos e está bem – a comunidade acadêmica já descartou a eficácia da droga.

"Existe um uso politizado [da droga] como uma válvula para que as pessoas se sintam seguras e possam trabalhar", criticou o ministro.

Bolsonaro, de 65 anos, testou positivo para COVID-19 nesta terça-feira (7) e passará os próximos dias trabalhando em sua residência oficial, o Palácio da Alvorada.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала