Pyongyang imprime 12 milhões de panfletos para lançar no Sul e promete mais

© AP Photo / Jeon Young-han / The Dong-A Ilbo Militares norte-coreanos na fronteira com a Coreia do Sul (foto de arquivo)
Militares norte-coreanos na fronteira com a Coreia do Sul (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Pyongyang planeja utilizar três mil balões para lançar panfletos sobre o território sul-coreano.

A Coreia do Norte imprimiu 12 milhões de folhetos de propaganda e se prepara para lançá-los sobre o território da Coreia do Sul, segundo um comunicado publicado nesta segunda-feira (22) pela agência estatal KCNA.

Afirma-se que os panfletos, que expressam "a ira e a oposição de pessoas de todas as esferas", foram produzidos por tipografias "de todos os níveis". Além do mais, as gráficas de cada província, cidade ou condado estão se preparando para imprimir milhões de cópias adicionais", salienta a agência.

Para lançar os panfletos no território vizinho, Pyongyang prevê utilizar três mil balões. Conforme o comunicado da KCNA, esta ação é uma decisão "invencível de todo o povo e de toda a sociedade" da Coreia do Norte.

"As intenções e demandas do povo são lei e prática", indica a divulgação, que qualifica de "represália" o lançamento de folhetos sobre o território do vizinho do Sul.

Guerra dos panfletos

Em 4 de junho, Kim Yo-jong, irmã mais nova do líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, acusou Seul de distribuir folhetos no território norte-coreano e assegurou que o país vizinho "irá enfrentar a pior etapa" se a campanha contra Pyongyang não for interrompida.

Para diminuir as tensões, o governo sul-coreano negou a certificação de grupos de oposição, contrários ao vizinho do Norte, e o Ministério da Unificação sul-coreano apresentou uma queixa contra estes. Contudo, a Coreia do Norte, não satisfeita com esta reação, anunciou que retomará "todo tipo de exercícios militares regulares" próximo à fronteira com a Coreia do Sul.

Neste sábado (20), a agência norte-coreana informou o início de preparativos para distribuir seus folhetos contra Seul, que "perdeu a moralidade mais elemental".

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала