Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Rússia monitora ações do destróier da Marinha dos EUA que acaba de entrar no mar Negro

© AFP 2021 / STRDestróier da Marinha dos EUA USS Porter
Destróier da Marinha dos EUA USS Porter - Sputnik Brasil
Nos siga no
O destróier USS Porter da Marinha dos EUA entrou ontem (17) no mar Negro. As forças do Distrito Militar Sul da Rússia estão monitorizando as ações do navio, informou em comunicado o Centro de Controle da Defesa Nacional.

"Em 17 de junho de 2020, o destróier USS Porter [da classe Arleigh Burke] da Marinha dos EUA entrou no mar Negro", lê-se no comunicado.

A fim de responder prontamente a possíveis situações de emergência no mar Negro, está sendo tomado um conjunto de medidas pelas forças do Distrito Militar Sul da Rússia para acompanhar as ações do navio, acrescenta o comunicado.

De acordo com um especialista naval russo, o capitão Vasily Dandykin, membro do conselho de especialistas da organização Oficiais da Rússia (Ofitsery Rossii), a OTAN não pode dar-se ao luxo de efetuar provocações no mar Negro, porque a Rússia possui suficientes forças militares nesta região.

© REUTERS / Murad SezerDestróier USS Porter da Marinha dos EUA entra no mar Negro pelo estreito de Bósforo em Istambul (foto de arquivo)
Rússia monitora ações do destróier da Marinha dos EUA que acaba de entrar no mar Negro - Sputnik Brasil
Destróier USS Porter da Marinha dos EUA entra no mar Negro pelo estreito de Bósforo em Istambul (foto de arquivo)

Segundo informações da assessoria de imprensa da 6ª Frota da Marinha dos EUA, o USS Porter irá participar de manobras com embarcações da Turquia, Romênia, Bulgária e Geórgia.

Conforme explica Dandykin, com o aumento das atividades da OTAN, a Rússia se vê obrigada a intensificar a sua defesa.

"Da sua parte, a Rússia irá conduzir missões de rastreamento terrestre e aéreo. Em particular, se for necessário, serão ativadas estações de guerra eletrônica. Durante os exercícios da OTAN, a Rússia acionará submarinos para realização de certas tarefas", disse o capitão.

Vale ressaltar que neste ano esta é a terceira missão do destróier USS Porter perto das fronteiras russas. Com as próximas manobras, a OTAN pretende aperfeiçoar a integração da Marinha dos EUA com seus aliados na região.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала