Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Pequim denuncia voo de avião dos EUA no espaço aéreo de Taiwan como 'ato ilegal e provocativo'

Nos siga no
Depois que Taiwan autorizou o voo de um avião militar de carga dos EUA sobre seu território, Pequim acusou Washington de conduzir uma ação "ilegal" e "provocativa".

"Foi um ato ilegal e um incidente altamente provocativo [...] Expressamos nossa forte insatisfação e resoluta oposição", afirmou o Escritório de Assuntos de Taiwan do Conselho de Estado da China nesta quinta-feira (11), segundo o Global Times.

A declaração ocorreu depois que o Ministério da Defesa de Taiwan permitiu que um avião de carga C-40A Clipper da Marinha dos EUA voasse no espaço aéreo do país na segunda-feira (8).

"Aconselhamos os norte-americanos a cumprirem rigorosamente o princípio de uma só China, as disposições dos três comunicados conjuntos sino-americanos e a porem imediatamente fim a estes atos ilegais e provocativos", afirmou a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês, Hua Chunying, segundo a CGTN.

No dia seguinte ao voo, aeronaves da Força Aérea de Taiwan interceptaram diversos caças Su-30 chineses no espaço aéreo de Taiwan. Por sua vez, Taipei considerou a ação como uma violação da sua soberania, apesar de haver mais de 64 quilômetros de hidrovia internacional entre a linha intermediária e os mares territoriais da ilha, de acordo com o direito internacional.

Zhu Fenglian, porta-voz do Escritório de Assuntos de Taiwan afirmou em um comunicado divulgado nesta quinta-feira (11) pelo Global Times que o Partido Democrático Progressista (DPP, no poder em Taiwan) não deve "subestimar a forte vontade e determinação [da China] de manter a soberania nacional e a integridade territorial".

Taiwan é considerado território chinês, com os governos de Taipei e Pequim em uma disputa sobre a soberania do território. A ilha de Taiwan é reconhecida como país independente somente por 15 Estados-membros da ONU, mas mantém acordos de defesa com diversos países, incluindo os EUA.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала