Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Shopping centers têm 'total condição' para reabrir no Brasil, diz representante do setor

© Folhapress / Marx Vasconcelos / Futura PressMovimentação em shopping na manhã desde o dia 6 de junho, sábado, em Belém (PA). O decreto que prevê a reabertura de shoppings centers e salões de beleza em Belém foi publicado na última sexta-feira (5) no Diário Oficial do Município. Com o decreto, shoppings e salões de beleza se juntam a concessionárias, escritórios, comércio de rua, construção civil e igrejas, entre as atividades não essenciais que voltam a funcionar.
Movimentação em shopping na manhã desde o dia 6 de junho, sábado, em Belém (PA). O decreto que prevê a reabertura de shoppings centers e salões de beleza em Belém foi publicado na última sexta-feira (5) no Diário Oficial do Município. Com o decreto, shoppings e salões de beleza se juntam a concessionárias, escritórios, comércio de rua, construção civil e igrejas, entre as atividades não essenciais que voltam a funcionar.  - Sputnik Brasil
Nos siga no
O bilionário segmento dos shopping centers no Brasil quer reabrir. Com novos protocolos de saúde, o setor afirma estar pronto para receber clientes com segurança e retomar os negócios.

O Brasil tem 577 shoppings, responsáveis pelo emprego de mais de 1,1 milhão de pessoas e um faturamento anual de R$ 192,8 bilhões. Os números, de 2019, são da Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce).

Em parceria com o Hospital Sírio-Libanês, a Abrasce elaborou protocolos de segurança "para a reabertura gradual de shoppings centers do Brasil". Entre as medidas previstas estão o horário reduzido de funcionamento, obrigatoriedade do uso de máscaras, aferição de temperatura, controle de acesso às lojas, entre outras ações.

"Tem total condição [para o funcionamento seguro]", diz Nabil Sahyoun, presidente da Associação de Lojistas de Shopping Centers (Alshop)."Os consumidores estão saindo extremamente satisfeitos pela segurança, você tem aferição da temperatura na entrada, álcool gel, máscaras, distanciamento. Você tem a sinalização no piso, os alto-falantes orientando a população, todo o setor de segurança do shopping ajudando a orientar".

De acordo com o presidente da Alshop, cerca de 250 shopping centers pelo Brasil já estão abertos e os clientes ficam, em média, 25 minutos nos estabelecimentos. Antes da pandemia, clientes passavam 75 minutos.

"A cada semana que passa, o fluxo de pessoas aumenta. Mas, neste momento, a gente diria que o fluxo de pessoas dentro do shopping, em relação a uma época normal, está aproximadamente em 50%", afirma Sahyoun à Sputnik Brasil.

Na cidade de São Paulo, os shopping centers reabrirão na quinta-feira (11). Com os números de infecções e mortes causadas pela COVID-19 em uma crescente, a decisão brasileira de reabrir a economia antes do pico da pandemia vai na contramão de medidas adotadas na Europa. 

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала